Diário 24 Horas

Polícia não encontra provas para incriminar PC Siqueira por pedofilia

O youtuber escapou ileso da perícia realizada pela Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC)
O youtuber escapou ileso da perícia realizada pela Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC)
PorMarcos Henderson

A perícia realizada pela Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) para encontrar possíveis provas que incriminariam PC Siqueira por pedofilia não encontrou nenhuma evidência do crime no computador, HD externo, videogame, celular e outros dispositivos eletrônicos do youtuber apreendidos para a investigação. 

Os relatórios do Instituto de Criminalística foram obtidos pelo site Notícias da TV, que apresenta os relatos dos especialistas sobre as mensagens e conteúdos consumidos por PC. De acordo com os investigadores que examinaram o material, o acusado não teve nenhuma conversa envolvendo relações sexuais com crianças, não armazenava nenhum material pornográfico com menores de idade, além de não ter sido encontrado nenhum vestígio de pesquisas sobre o assunto na internet. 

Leia também: Entenda o caso de pedofilia envolvendo PC Siqueira

O único trecho de conversa em que PC Siqueira menciona o tema seria, na verdade, uma brincadeira com uma garota chamada Vanessa no aplicativo QQ. Na ocasião, os dois conversavam em clima de flerte e, em determinado momento em que o youtuber mostrava seu quarto com a webcam, a garota percebe que há alguns brinquedos no local, e ele brinca, afirmando que os objetos estariam ali para atrair menores de idade. Em outro momento da conversa, a garota mostra a cópia de seu antigo RG, de quando era menor de idade, e ele disse: "Na verdade, eu sou pedófilo". 

Leia mais: PC Siqueira pede PIX aos fãs para tratamento de doença degenerativa rara

A perícia também identificou a presença do programa CCleaner no computador de PC. O software é responsável por realizar limpezas de dados e melhorar o desempenho do sistema operacional, mas de acordo com os peritos, o aplicativo foi utilizado pela última vez em dezembro de 2009. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff
Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson