Conmebol agradece Bolsonaro e confirma Copa América no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro foi mencionado pela Conmebol em anúncio que confirma o Brasil como país-sede do torneio
O presidente Jair Bolsonaro foi mencionado pela Conmebol em anúncio que confirma o Brasil como país-sede do torneio
PorMarcos Henderson

Após as desistências de Argentina e Colômbia e uma série de reviravoltas, a Conmebol anunciou o Brasil como novo país-sede da Copa América, agradecendo o presidente Jair Bolsonaro em um comunicado nas redes sociais e revirando o campo esportivo brasileiro de cabeça para baixo, com diversas manifestações de repúdio pela decisão precipitada em meio à atual situação política e o estado de alerta devido à pandemia de Covid-19.  

Um dos maiores pontos a favor do Brasil era a quantidade de estádios em boas condições para a realização das partidas do torneio previsto para acontecer entre 13 de junho e 10 de julho. Após anunciar o Brasil como país-sede, a Conmebol afirmou que irá divulgar as cidades-sedes e a tabela de jogos nas próximas horas desta segunda-feira (31). 

A decisão final da migração do torneio para o Brasil coube ao governo federal, que deu sinal verde para a realização da copa e ainda recebeu agradecimentos da Conmebol pela abertura de portas para o evento.

O curioso é que até poucas horas antes da reunião que selou o novo país-sede, a própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) descartava a possibilidade de realização da Copa América no Brasil, o que acabou sendo revertido pelos argumentos favoráveis, incluindo a expertise do país na Copa América 2019 e a disponibilização de estádios em ótimo estado de conservação. 

O descarte da Argentina como país-sede da Copa América aconteceu após a piora da pandemia no país, seguida pelo comunicado do ministro do Interior, Wado de Pedro, que considerou inviável a realização do torneio no próximo mês.

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff