Filipe Ret sugere negócio de marmita para seguidor abandonar o tráfico de drogas

O rapper afirmou a um seguidor que é possível lucrar R$ 10 mil com um investimento de R$ 1,7 mil em um negócio de marmitas
O rapper afirmou a um seguidor que é possível lucrar R$ 10 mil com um investimento de R$ 1,7 mil em um negócio de marmitas
PorMarcos Henderson

Após ser preso por porte ilegal de maconha em janeiro, Filipe Ret voltou a aparecer em destaque nas redes sociais por um motivo inusitado nesta quinta-feira (15). Em uma sessão de perguntas e respostas criada por ele nos Stories de sua conta no Instagram, o rapper sugeriu a um seguidor que abrisse um negócio de marmita para se livrar do tráfico de drogas.

"Me tira do tráfico irmão", disparou um seguidor não identificado. Como resposta, Ret fez um esquema resumido de uma hipotética venda de marmitas, com arroz, feijão, banana e couve, ou seja, uma bomba de carboidratos que poucos comprariam.

Em seu resumo, o rapper afirma que 1kg de feijão preto custaria R$ 7, 1kg de feijão custaria R$ 10, meia dúzia de banana poderia ser comprada por R$ 6, e três bandejas de couve sairiam por R$ 12 no mercado. Somando uma cabeça de alho, duas cebolas e "um pouco de azeite e óleo", o rapper acredita que o seu seguidor poderia lucrar R$ 216 gastando aproximadamente R$ 35 e, em alta escala, poderia faturar R$ 10 mil investindo R$ 1,7 mil.

Obviamente, as contas do rapper são irreais, já que devem ser considerados outros gastos, como gás, energia elétrica, água, transporte para compra dos alimentos, entre vários outros detalhes que passaram despercebido por sua "aula" de como se livrar do tráfico. 

Como já era de se esperar, a grandiosa solução apresentada por Ret está recebendo uma dose generalizada de críticas nas redes sociais, incluindo comentários relacionados ao racismo e à cultura do empreendedorismo em que o cidadão é incentivado constantemente a correr atrás de seu dinheiro como se fosse a tarefa mais simples e natural do planeta. 

Talvez Filipe Ret tenha deixado escapar o principal: como alguém iria vender tantas marmitas de arroz, feijão, banana e couve? 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff