Primeiro álbum de Lil Nas X, 'Montero', é elogiado pela crítica

Com 15 faixas, o primeiro álbum de Lil Nas X garante uma série de avaliações positivas com a abordagem de ampliação de gênero, amor e solidão
Com 15 faixas, o primeiro álbum de Lil Nas X garante uma série de avaliações positivas com a abordagem de ampliação de gênero, amor e solidão
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Após uma série de performances, singles e clipes espetaculares, Lil Nas X finalmente lançou seu aguardado álbum de estreia, "Montero", que contém 15 faixas entre colaborações de peso, incluindo nomes como com Elton John, Megan Thee Stallion, Doja Cat e Miley Cyrus.

Rapidamente, a obra começou a colecionar avaliações positivas entre a crítica especializada internacional. Em uma análise de cinco estrelas, Helen Brown, do The Independent, disse que pôde sentir os "confetes do arco-íris caindo do teto e grudando em suas lágrimas" ao fechar os olhos. "Este álbum não é criação de um gimmick-spinner. É um álbum repleto de corações technicolor”, completou Brown. 

Mike Wass, da Variety, também não poupou elogios a "Montero", afirmando que o álbum apresenta uma abordagem de ampliação de gênero e exploração "refrescantemente honesta do amor e da solidão". "Nas nos lembra que ele é uma força musical a ser reconhecida. Talvez mais importante, 'Montero' sugere que o rapper está pronto para dar voz aos medos e anseios de uma geração de crianças queer”, disse o avaliador da revista americana. 

O The Guardian, que raramente fornece uma nota máxima, forneceu cinco estrelas a "Montero", que, segundo Alexis Petridis, "atinge um ponto doce impressionantemente eclético entre o hip-hop e o pop, saltando com confiança de batidas de armadilha e trompas marciais para o rock pesado e distorcido; de música que lembra o R&B do início dos anos 2000 a baladas de estádio.”

O ciclo de divulgação do novo álbum de Lil Nas X mobilizou os fãs a uma jornada de vislumbres e lançamentos cada vez mais impressionantes, tanto pela qualidade sonora quanto pelas escolhas ousadas e precisas no visual e nas mensagens carregadas com os videoclipes, levando o público conservador ao estresse máximo ao mesmo tempo em que auxiliava na ampliação de vozes que buscam um cenário minimamente seguro e amigável para viver com suas próprias escolhas.

Ouça o primeiro álbum de Lil Nas X, "Montero":

Comentários

O que você achou?