'007 - Sem Tempo Para Morrer' estreia com críticas positivas no Rotten Tomatoes

Após vários adiamentos, Daniel Craig despede-se oficialmente de James Bond após performances espetaculares a bordo do personagem
Após vários adiamentos, Daniel Craig despede-se oficialmente de James Bond após performances espetaculares a bordo do personagem
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Após uma longa e árdua espera dos fãs, "007 - Sem Tempo Para Morrer" finalmente estreou nos cinemas, e já acumula uma série de críticas positivas no Rotten Tomatoes, que reúne avaliações de vários portais especializados, além de concentrar os comentários do público geral em uma aba específica para opinião dos espectadores. Confira abaixo algumas das principais críticas ao filme que marca a despedida de Daniel Craig do icônico James Bond. 

Stephanie Zacharek, da TIME Magazine, elogia o desempenho de Craig e afirma que o ator será eternizado na pele do personagem principal da franquia. Seguindo a mesma lógica, Max Covill, do portal "It's The Pictures", diz: "Craig pode ter acabado com Bond, mas 'Sem Tempo Para Morrer' lembra o público porque eles se apaixonaram por ele em primeiro lugar."

Outros avaliadores não foram tão bondosos com o novo título de James Bond. Stefan Kyriazis, do Daily Express, demonstrou decepção com a obra, apontando detalhes rasos do roteiro e a "direção nada assombrosa de Cary Fukunaga" como responsáveis por um filme que "simplesmente sacrifica muito do anti-herói visceral e emocionante e sem remorso que se ergueu ao longo de seis décadas de cinema."

A.A. Dowd, do AV Club, também não gostou do filme: "'Sem Tempo Para Morrer' é esquecível em todos os cenários - é um filme de Bond com pouca emoção". Ao fim dos cálculos automáticos do Rotten Tomatoes, a média provisória do filme ficou em 87% de aprovação, configurando o título como um "tomate fresco" na plataforma, isto é, um filme que vale à pena assistir. 

"007 - Sem Tempo Para Morrer" demorou bastante para ser lançado, enfrentando adiamentos inesperados. O plano inicial era que o filme chegasse aos cinemas em novembro de 2019, mas um primeiro adiamento levou a estreia para abril de 2020, um mês após o início oficial da pandemia de Covid-19. Depois, o lançamento foi reagendado para novembro de 2020, o que também não foi possível. Depois, o título ficou definido para abril de 2021 e, enfim, foi escalado para a data real, em setembro. 

Comentários

O que você achou?