Diário 24 Horas

Cantora e compositora Elza Soares morre aos 91 anos

Elza Soares executou sua icônica voz com maestria até os últimos meses de vida, incluindo uma apresentação histórica no festival Psica, em Belém
Elza Soares executou sua icônica voz com maestria até os últimos meses de vida, incluindo uma apresentação histórica no festival Psica, em Belém
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

A cantora e compositora Elza Soares morreu nesta quinta-feira (20), ao 91 anos de idade. A notícia foi confirmada através de sua assessoria de imprensa, que revelou detalhes sobre o falecimento, que aconteceu de forma natural na casa da artista no Rio de Janeiro. 

"É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais", diz a nota oficial divulgada pela assessoria. 

Elza Soares executou com maestria sua icônica voz até os últimos meses de sua vida, unindo-se ao rapper Flávio Renegado para um formato único de shows, incluindo uma apresentação histórica no festival Psica, em Belém, em 19 de dezembro de 2021.

Considerada uma das maiores e mais importantes cantoras da história do Brasil, Elza Soares iniciou a carreira no final dos anos 50 e, no início dos anos 60, já era uma das grandes vozes do samba brasileiro, tornando-se uma figura carimbada em diversas obras de sucesso que persistem até hoje. 

Com o avanço das décadas, Elza descobriu novas sonoridades e percebeu que poderia investir em musicalidades diversas, apostando, além do samba, no jazz, funk, hip hop e até na música eletrônica, motivo pelo qual a união com Renegado tenha sido tão expressiva, sobretudo pelas constantes vezes em que Elza deixou clara sua intenção de não seguir os rótulos empurrados pela indústria fonográfica. 

Elza Soares deixa um legado histórico para a eternidade da música, carregando a força que sempre demonstrou em sua arte para as estrelas. 

ComentáriosO que você achou?
Música
Últimas