Diário 24 Horas

O que é uma Tempestade Solar? Evento astronômico ocorre hoje (19)

Evento ocorre hoje e pode interferir nos sistemas de comunicação mundiais.

Tempestade solar atinge a terra hoje (19). Fonte: Reprodução/YouTube
Tempestade solar atinge a terra hoje (19). Fonte: Reprodução/YouTube
Samuel Zadoque
PorSamuel Zadoque

A NASA divulgou um alerta sobre uma tempestade solar que ocorre hoje (19), podendo afetar os serviços de comunicação no planeta todo. No mês de março, a Terra já havia sido atingida por dois desses eventos. Para muitos fica a dúvida: afinal o que é uma tempestade solar?

Tempestade geomagnética ou tempestade solar é uma perturbação temporária da magnetosfera da Terra, causada por ondas de choque oriundas de ventos solares e/ou nuvens magnéticas que interagem com o campo magnético da Terra. Os ventos aumentam a pressão nesta camada onde ocorre a interação entre estes campos, causando um aumento de energia.

Estas interações causam o aumento da circulação de plasma no campo magnético do nosso planeta, além de um aumento da corrente elétrica que por ali passa. Um dos casos mais conhecidos relacionados a tempestade solar foi o “Evento Carrington”, ocorrido no Havaí, onde auroras foram observadas no estado, e redes de telégrafos queimaram devido às altas correntes.

Tempestades solares são responsáveis pelas auroras boreais. Fonte: Reprodução/YouTube
Tempestades solares são responsáveis pelas auroras boreais. Fonte: Reprodução/YouTube
Tempestades solares são responsáveis pelas auroras boreais. Fonte: Reprodução/YouTube

No último dia 15 (sexta-feira) a NASA afirmou através da Dra. Tamitha Skov que: “O longo filamento em forma de cobra saiu do sol em um balé deslumbrante. A orientação magnética desta tempestade solar dirigida à Terra será difícil de prever. Condições de nível G2 (possivelmente G3) podem ocorrer se o campo magnético desta tempestade estiver orientado para o sul!” Veja o tweet abaixo:

Caso a tempestade que nos atinja seja do nível G2, ela será considerada leve, porém, atingindo o G3 ela muda para forte, o que pode causar interferências nos serviços de GPS e rádio, além de danos aos satélites artificiais que ficam ao redor do nosso planeta, interrupções nos serviços de telefonia e internet, disparada acidental de alarmes em alguns dispositivos de segurança, somada a intensas auroras em algumas partes do globo.

O sol está passando por um período de intensa atividade chamada de “ciclo solar”, que demora cerca de 11 anos, devido a isto, incidentes como este continuarão acontecendo com mais intensidade, e cientistas acreditam que o pico destas erupções solares acontecerá no ano de 2025.

ComentáriosO que você achou?
Tecnologia
Últimas