'Marilene não se mete': entenda o viral desta semana

Mais um meme surge para alavancar os assuntos na web

'Marilene não se mete': entenda o viral desta semana
Diário 24 Horas
PorDiário 24 Horas

A prova de que qualquer coisa pode se tornar viral na internet é o meme amplamente compartilhado nesta segunda-feira (26), girando em torno de uma história contada por Ana Helena. Em meio aos relatos da moça, surge a frase que já está enquadrada no topo das paradas de sucesso das redes sociais: "Marilene, não se mete". Ainda não viu? Pois em algum momento isso vai aparecer na tua timeline, mesmo que você não queira. Esta publicação deixará você por dentro de todos os detalhes referentes ao vídeo que, apesar de bobo, gerou uma série de risadas nesse início de semana.

Tudo começa com Ana relatando o show da banda Pixote, contando uma história sobre como foi "cobiçada" pelo vocalista durante toda a performance, inclusive com um convite do homem para ela subir ao palco. Mas as coisas ficaram feias quando, teoricamente, o namorado dela a impediu de realizar tal proeza, abrindo espaço para as lágrimas de de tristeza no vídeo, logo depois das lágrimas de emoções por conta dos olhares do cantor da banda.

Ela faz questão de explicar que não destruiria um relacionamento por causa disso, mas que estava chateada com a atitude do namorado, inclusive parando de falar por alguns instantes para repreende-lo: "para de puxar meu cabelo, amor", dizia ela. Papo vai, papo vem, ela continua falando sobre a tristeza e mantém o discurso sobre o relacionamento sério que mantém com determinado sujeito, até que surge a estrela da história: Marilene.

"Que relacionamento, Ana Helena?", questiona. "Marilene, não se mete", dispara a autora do vídeo, dando início a uma verdadeira discussão, digna de pipoca e tudo. "Você está deitada na sua cama sozinha, Ana Helena", retruca a mulher misteriosa, prosseguindo sua fala com "parece que está jogando água na cara". O pior de tudo é quando Marilene passa dos limites e diz que a tinta na sobrancelha de Ana vai escorrer e ainda vai deixar a moça cega. É muita comédia em um vídeo só! Entre tantas vezes que Ana chamou o tal namorado de "amor", Marilene fecha o caixão com "amor imaginário, isso sim".

Pois então, meus amigos. Este relato parece algo bem fútil, não é mesmo? Apesar de bobo, é assim que a internet gera risos e todas as zoações que fazem dela um palco controverso e, de certa forma, divertido. Não se sabe se a tal Ana Helena já esperava se tornar viral, mas se pretendia tal resultado, conseguiu.

Assista ao vídeo: