Papa Francisco se reúne com ex-presidente Lula

Lula e Papa Francisco trocaram correspondências em 2019
Lula e Papa Francisco trocaram correspondências em 2019
Por Bruna Pinheiro

Na tarde desta quinta-feira (13), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou com o Papa Francisco na cidade do Vaticano. O encontro foi registrado através do perfil no Twitter de Lula, com um post falando sobre a oportunidade de ambos dialogarem sobre “um mundo mais justo e fraterno”.

O encontro entre o papa e Lula foi realizado após uma decisão da Justiça Federal do Distrito Federal que adiou um depoimento que o ex-presidente dará no âmbito da Operação Zelotes, que estava marcado inicialmente para a data de 11 de fevereiro, período de sua viagem para a Europa. Entretanto, o juiz Ricardo Augusto Soares Leite remarcou a audiência para o dia 19, quando Lula já estará de volta ao Brasil. Lula embarcou em de São Paulo rumo ao encontro no último dia 11, acompanhado do ex-ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, e de ao menos mais três assessores.

O ex-presidente chegou ao local por volta das 15h30 (horário local). Com duração de cerca de uma hora, a reunião teve caráter privado, o que levou a Santa Sé a informar que não irá divulgar comunicado sobre o encontro. Posteriormente, Lula concedeu uma entrevista em que disse que o papa "quer fazer coisas que sejam irreversíveis, que fiquem para sempre no seio da sociedade".

O petista afirmou na entrevista que que não foi ao encontro para discutir especificamente a Amazônia, mas problemas ambientais em geral. Relembrou sobre o Sínodo da Amazônia e a Exortação do Papa Francisco sobre o tema após o evento.

A reunião entre Lula e o Papa já era aguardada há algum tempo. Ainda na cadeia, pouco antes de completar um ano de prisão, Lula escreveu ao Papa sobre estar lutando para provar sua inocência e pedia para que o pontífice rezasse por ele. O Papa Francisco o respondeu um mês depois com palavras sobre política e justiça.Na noite desta quinta-feira, o ex-presidente ainda será recebido na Confederação Geral dos Trabalhadores Italianos por brasileiros residentes na Itália e que são membros do Comitê Lula Livre, além de outros líderes políticos locais.

2
0
0