Coronavírus: Itália ultrapassa 4 mil vítimas fatais após recorde de mortes em 24 horas

Foram 627 mortes registradas nas últimas 24 horas no país
Foram 627 mortes registradas nas últimas 24 horas no país

O clima permanece caótico na Itália em meio à pandemia do novo coronavírus. Se não bastasse ter atingido o título de país com maior número de vítimas na última quinta-feira (19), foi contabilizado nesta sexta (20) 627 mortes em 24 horas, recorde que totalizou 4.032 vítimas fatais até o momento. Para se ter uma noção do nível de alastramento, a Itália teve 2,7 mil mortes de 13 a 20 de março, período em que o mundo inteiro contabilizou 10,4 mil. 

De acordo com o balanço da Defesa Civil do país, são 47.021 infectados pela doença, sendo 5.129 já recuperados, 37.860 em tratamento e 2.655 em terapia intensiva. Dioceses italianas confirmaram, também nesta sexta, a morte de 28 sacerdotes católicos pelo coronavírus. 

A Prefeitura de Milão anunciou nesta sexta a atuação de 114 soldados do Exército da Itália nas ruas da cidade, para ajudar no controle da quarentena imposta à população. Os militares já estão trabalhando na operação Estrada Segura, que garante a circulação com segurança no país e impede viagens fora de contexto em meio à pandemia. Agora, alguns deles começarão a ser remanejados para outros pontos, de acordo com o direcionamento que será efetuado em conjunto através do Comitê Provincial para a Ordem e a Segurança Pública, a Prefeitura e o Ministério do Interior. 

Milão é a capital da região da Lombardia, onde acontece um isolamento total para contenção da propagação do vírus, já que registra o maior número de casos confirmados do país. Infelizmente, nem todos obedecem às determinações das autoridades. A polícia local espalhada pelas regiões italianas trabalha intensivamente para instruir as pessoas a não passarem muito tempo fora de casa, e em alguns casos precisam aplicar punições. A prefeita de Roma, Virginia Raggi, chegou a dizer que encontrou "pessoas correndo, passeando com o cachorro, mas também pessoas que voltavam das compras com apenas um pacote de café", em anúncio de novas medidas realizado nesta sexta, junto ao Comando Geral da Polícia de Roma. 

Cuidados com Covid-19:

Se apresentar sintomas ou tiver contato com alguém com a doença, faça quarentena e evite superlotar hospitais. Sua contribuição é necessária!

Orientações em caso de suspeita
Orientações em caso de suspeita
Orientações em caso de suspeita

Leia também