Matrix 4, The Batman e outras produções devem ter estreias adiadas

Apesar das gravações já avançadas, com o calendário de lançamentos bagunçado, não se sabe se as datas de estreias permanecerão os mesmos
Apesar das gravações já avançadas, com o calendário de lançamentos bagunçado, não se sabe se as datas de estreias permanecerão os mesmos

O coronavírus atingiu até mesmo a toda poderosa Hollywood, que vive um momento de incerteza com a gravidade da situação que tem deixado os Estados Unidos como o primeiro em número de infectados e a solicitação de parada de todos as filmagens e lançamentos.

Até o momento, os estúdios já adiaram todos os lançamentos previstos para os próximos meses, além de paralisarem as produções. Filmes super esperados para 2021 também estão com seus lançamentos em suspenso, como Matrix 4 e The Batman. Ambos já tinham iniciado as gravações e estavam bastante avançados, programados para terminar todo do processo de filmagem nos próximos meses.

Leia também: Filmagens de "Matrix 4" causam danos com explosões nos EUA

O conflito de agenda também é outro problema para os atores escalados, como Gal Gadot, Dwayne Johnson e Ryan Reynolds, que estão escalados para diferentes filmes de diferentes produtoras e ainda nãos sabem como irão organizar as suas agendas para cumprir os papéis. Keanu Reeves deve sofrer com o mesmo conflito, já que o ator está com vários lançamentos previstos para 2020, além de Matrix.

Apesar da impossibilidade de se filmar, os trabalhos em Hollywood permanecem, assim como de vários outros estúdios e produtoras. O “momento home office” fez com que várias produções fossem iniciadas à distância, como “Os Eternos”, já na fase de efeitos especiais, e “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura”, que teve a pré-produção iniciada.

As videoconferências estão se consolidando como ferramenta fundamental neste período, já que várias equipes de produção recorrem a elas para reuniões e também para convidar os astros para os próximos longas que estão por vir. Além disso, vários gigantes da área estão se sensibilizando em auxiliar os trabalhadores do setor sem funções no momento, como é o caso da Netflix, que criou um fundo de US$ 100 mi para ajudar desempregados da televisão e do cinema.

Cuidados com Covid-19:

Se apresentar sintomas ou tiver contato com alguém com a doença, faça quarentena e evite superlotar hospitais. Sua contribuição é necessária!

Orientações em caso de suspeita
Orientações em caso de suspeita
Orientações em caso de suspeita

Comentários

Cinema

Mais Cinema