Após acusações, Comedy Central remove episódio de "Workaholics" com Chris D'Elia interpretando um abusador infantil de redes de streaming

Episódio intitulado 'To Friend a Predator' não está mais disponível no Hulu, Amazon ou no aplicativo da rede.
Episódio intitulado 'To Friend a Predator' não está mais disponível no Hulu, Amazon ou no aplicativo da rede.
PorCarol Souza23/06/2020 11h21

Nesta semana o canal pago de comédia Comedy Central retirou um episódio da sua série "Workaholics" que contava com a participação do comediante Chris D'Elia da biblioteca do programa no Hulu, na Amazon Prime e o próprio site da rede e aplicativo de streaming, de acordo com o portal Slashfilm.

O episódio em questão é "To Friend a Predator" da temporada de estréia de "Workaholics", que foi ao ar originalmente em 25 de maio de 2011. No episódio, D'Elia interpreta um personagem chamado Topher, um suposto molestador de crianças que se esconde em um site de fãs de Justin Bieber.

Claramente, não é uma boa ideia ter o episódio ainda disponível nos streamings dadas as recentes alegações feitas contra a D'Elia. Para quem não se lembra, relatamos ainda na semana passada que o comediante acusado de numerosos incidentes de má conduta sexual, muitos dos quais envolvem várias meninas menores de idade.

O Comedy Central, no entanto, não parou sua "limpeza" nos "Workaholics". Como aponta o Slashfilm, a rede também removeu completamente D'Elia do seu arquivo de comédia. E embora seus perfis ainda apareçam nas pesquisas do Google, todos eles vão para links mortos.

Após as acusações e toda a polêmica envolvida, Whitney Cummings, colaboradora de longa data da D'Elia, denunciou o comediante. Em uma mensagem preocupante no Instagram, ela escreveu: "Demorei alguns dias para processar as informações que aprendi sobre Chris. Estou arrasada e enfurecida com o que li e aprendi. Este é um padrão de comportamento predatório. Este abuso de poder é permitido pelo silêncio. Agora que estou ciente, não farei silêncio. As meninas devem poder ser fãs de um comediante que admiram sem serem um alvo sexual. É responsabilidade do adulto ser adulto".

Confira a postagem abaixo:

Ainda na semana passada, D'Elia negou as alegações em um comunicado à TMZ. "Eu sei que disse e fiz coisas que podem ter ofendido as pessoas durante a minha carreira, mas nunca conheci mulheres menores de idade em nenhum momento", disse ele. "Todos os meus relacionamentos têm sido legais e consensuais e eu nunca conheci ou troquei fotos inapropriadas com as pessoas que tweettaram sobre mim".

+Comedy Central

Comentários

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol