No 'Encontro', Mariana Rios quebra silêncio sobre aborto espontâneo: 'eu desabei'

Atriz contou detalhes da reação que teve ao descobrir que o coração do filho não batia mais
Atriz contou detalhes da reação que teve ao descobrir que o coração do filho não batia mais
PorMarcos Henderson22/07/2020 15h25

Após anunciar para os fãs a trágica perda do primeiro filho, Mariana Rios manteve o silêncio sobre o aborto espontâneo, mas decidiu contar detalhes sobre a ocasião em entrevista concedida ao Encontro nesta quarta-feira (22). Segundo a atriz, o tombo foi grande devido à alta expectativa criada com a gestação: "Eu senti que tinha voado até o céu e, de lá, despenquei".

Atriz havia anunciado a gravidez no dia 1º de julho
Atriz havia anunciado a gravidez no dia 1º de julho
Atriz havia anunciado a gravidez no dia 1º de julho

Aos 35 anos de idade, Rios revelou a perda do filho neste mês e ganhou uma grande onda de solidariedade dos fãs, com destaque para outras mulheres que também passaram por situações semelhantes e tiveram coragem de falar abertamente sobre o assunto depois que a atriz anunciou o ocorrido. "Meu filho. Te recebi dentro de mim com todo meu amor. Seu coração, que batia acelerado e forte, de repente parou”, disse a estrela no post realizado no Instagram em 11 de julho.

Rios revela que ganhou o apoio de várias mulheres nas redes sociais
Rios revela que ganhou o apoio de várias mulheres nas redes sociais
Rios revela que ganhou o apoio de várias mulheres nas redes sociais

Questionada sobre a reação ao descobrir que o filho havia morrido, Mariana deixou claro que, de imediato, não sentiu um grande susto, pois não houve nenhuma situação de hemorragia. "Agradeci por não ter acordado de madrugada e visto sangue", disse ela. "Liguei para o meu médico, disse que estava com uma sensação estranha. Fui fazer um ultrassom de rotina e o médico percebeu que tinha alguma coisa estranha”, prosseguiu. 

Segundo Rios, o noivo Lucas Kalil ficou muito chocado e deprimido com a perda do filho: "Nesse dia, uni forças para estar ao lado dele. No dia seguinte, ele acordou melhor e foi o dia em que eu desabei e ele estava lá para me consolar.”

+Celebridade

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson