Mel Gibson foi hospitalizado após diagnóstico de coronavírus em abril, dizem representantes

O ator passou uma semana em um hospital em Los Angeles e foi tratado com Remdesivir.
O ator passou uma semana em um hospital em Los Angeles e foi tratado com Remdesivir.
PorCarol Souza24/07/2020 08h28

Mel Gibson passou uma semana em um hospital de Los Angeles no início deste ano, depois de contrair coronavírus, conforme informações divulgadas nesta sexta-feira (24) pelos representantes do ator.

"Ele testou positivo em abril e passou uma semana no hospital", disse um porta-voz ao Daily Telegraph Australia. "Ele foi tratado com o Remdesivir enquanto estava no hospital e testou negativo várias vezes desde então, além de positivo para os anticorpos".

Gibson é um dos muitos atores de Hollywood que testaram positivo para o vírus. Tom Hanks e sua esposa Rita Wilson foram duas das primeiras celebridades a revelar um diagnóstico positivo para COVID-19, que contraíram enquanto estavam na Austrália.

Outras estrelas que foram infectadas pelo vírus incluem Idris Elba, o ator de "Game Of Thrones" Kristofer Hivju e o ator de "Dark Knight Rises", Jay Benedict, que morreu em decorrência do coronavírus em abril.

As notícias do diagnóstico de Gibson chegam um mês após o ator negar as acusações de anti-semitismo e homofobia feitas por Winona Ryder. Em uma entrevista ao The Times, a atriz afirmou que Gibson a chamou de "esquiva do forno" quando soube de sua herança judaica e perguntou a um amigo dela que é gay: "Oh, espere, eu vou pegar AIDS?".

Em resposta, os representantes de Gibson disseram ao The New York Post em um comunicado: "Isso é 100% falso. Ela mentiu sobre isso há mais de uma década, quando falou com a imprensa e está mentindo sobre isso agora".

E entre a polêmica com a Joyce de "Stranger Things" e seu recém revelado diagnóstico, foi noticiado que Gibson e Danny Glover concordaram em fazer um filme final de "Máquina Mortífera".

Segundo o produtor Dan Lin, o tão esperado filme de ação focaria no detetive Martin Riggs e seu parceiro, detetive Roger Murtaugh, 22 anos após o lançamento de "Máquina Mortífera 4". Ele também confirmou que o diretor original Richard Donner deve retornar para o fechamento da franquia.

+Coronavírus

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol