Após defender pitbull, menina de 16 anos é mordida e esfaqueada pelo marido

A jovem sofreu ferimentos dos pés à cabeça após tentar defender o cachorro das agressões do marido, em BH
A jovem sofreu ferimentos dos pés à cabeça após tentar defender o cachorro das agressões do marido, em BH
PorMarcos Henderson16/09/2020 12h22

Uma menina de 16 anos acusou o marido, de 18, de espanca-la após tentar defender o cachorro da raça pitbull da família, no Morro do Papagaio, em Belo Horizonte. Além dos golpes, que chegaram a quebrar seu nariz, a jovem também levou duas mordidas e uma facada do rapaz, que teria ficado furioso após o animal subir no sofá pouco antes de sair para passear e começou a agredi-lo. 

Revoltada, a adolescente tentou defender o cachorro mas foi atacada instantaneamente pelo marido, sem chances de defesa. Após a confusão, a vítima desmaiou e foi levada ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, com o olho inchado, os dois braços mordidos, o nariz quebrado e com um corte de faca no calcanhar. O suspeito fugiu. 

O caso repercutiu rapidamente nas redes sociais e segue mantendo os internautas intrigados com a pequena, porém impactante, quantidade de informações na matéria publicada em primeira mão pelo G1. Entre os comentários, muitas pessoas ficaram surpresas ao descobrirem que a menina de 16 anos já é casada, enquanto outras chamam atenção para as duas mordidas, que pelo relato da moça, foram causadas pelo marido, e não pelo cachorro. 

"Menina de 16 anos casada, marido que morde e pitbull inofensivo. Bem-vindo a realidade paralela, mais conhecida como Brasil", disparou um internauta. "Sera que o nome do marido é pitbull e o nome do cachorro é marido?", disse uma usuária do Twitter. "Não sei oq é mais estranho, o marido ter mordido a menina ao inves do pitbull ou a menina de 16 anos ter um marido", disse outro internauta. 

A ocorrência foi registrada na Divisão Especializada em Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad) e seguirá com exames para desvendar detalhes mais precisos sobre o episódio. 

+Polícia

Comentários

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson