Serj Tankian, do SOAD, explica guerra entre Armênia e Azerbaijão no Jornal da Globo

O vocalista do System of a Down falou sobre o histórico de ausência dos direitos humanos na região e o genocídio armênio
O vocalista do System of a Down falou sobre o histórico de ausência dos direitos humanos na região e o genocídio armênio
PorMarcos Henderson09/10/2020 14h54

O vocalista do System of a Down, Serj Tankian, concedeu uma entrevista ao Jornal da Globo, exibida na última quinta-feira (8), em que fala sobre o conflito armado entre o Azerbaijão e a Armênia e cita a contextualização histórica que leva a um intenso clima de caos constante na região. 

Conhecido pelo ativismo político, Tankian é de família armênia e expõe a violação dos direitos humanos e os crimes de guerra que "dizimam indiscriminadamente a população armênia" com bombas "lançadas pelos exércitos do Azerbaijão e da Turquia."

O cantor relembrou um cessar-fogo de 1994 entre Azerbaijão e Armênia, com a República de Nagorno se estabelecendo como gestora dos interesses mútuos por quase 30 anos. "E, você sabe, o que é diferente agora nessa guerra - e eu chamo de guerra, não mais de conflito, porque há tantos militares, tantos soldados morrendo, tantas pessoas morrendo, civis, que eu não consigo mais chamar de conflito", disse Tankian. 

Conflito armado entre Azerbaijão e Armênia continua destruindo cidades e dizimando pessoas
Conflito armado entre Azerbaijão e Armênia continua destruindo cidades e dizimando pessoas
Conflito armado entre Azerbaijão e Armênia continua destruindo cidades e dizimando pessoas

"O governo do Azerbaijão entregou para a Turquia muito do seu comando militar, especialmente aéreo. Então o governo da Turquia está envolvido nessa guerra como nunca antes. Eles costumavam dar 'avisos' e equipar militarmente, mas dessa vez eles estão ajudando a conduzir a guerra", continuou o vocalista do SOAD.

Em seguida, Serj Tankian aborda a questão delicada da pandemia de Covid-19 como um dos principais motivos para Azerbaijão e Turquia escolherem o período para os ataques. "Eu não acredito que foi por acaso que Azerbaijão e Turquia escolheram o momento em que o mundo está sofrendo - inclusive a Armênia, que tem uma grande quantidade de casos - para fazer esse ataque. É realmente muito brutal quando você pensa que começaram uma guerra durante uma pandemia", lamenta o cantor, que recentemente esclareceu as diferenças de opiniões políticas com um companheiro de banda

O baterista do System of a Down, John Dolmayan, é um grande apoiador do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e entrou em alguns conflitos virtuais com Tankian, que resolveu colocar as diferenças de lado para falar sobre a amizade de longa data com Dolmayan, com quem sempre lutou pelo fim do genocídio armênio. 

Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+System of a Down

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson