BTS fala sobre sucesso internacional e dores reais dos bastidores em entrevista à WSJ

O grupo sul-coreano ganhou o prêmio de Inovador Musical do Ano
O grupo sul-coreano ganhou o prêmio de Inovador Musical do Ano
PorMarcos Henderson12/11/2020 14h21

O longo e árduo caminho do BTS possibilitou que o grupo sul-coreano se tornasse um dos maiores fenômenos internacionais da música, garantindo à união entre Jin, Suga, J-Hope, RM, Jimin, V e Jungkook o título de Inovador Musical do Ano no Innovators Awards, da revista Wall Street Journal (WSJ).

“No passado, tínhamos objetivos claros e uma sede. Tínhamos que nos sair bem - estávamos desesperados”, disse Jungkook à publicação. “Eu ainda tenho uma mentalidade semelhante. São as conquistas que conquistamos em cada etapa do caminho que me levam a querer me desafiar mais”, garantiu o cantor, seguido por Jimin:

"Antes, estávamos todos concentrados em olhar para a câmera quando a luz vermelha acendia. Agora nos sentimos mais relaxados", disse o integrante. A banda conversou sobre o processo de composições, com RM compartilhando que muitas vezes a criação é inspirada em cenas de filmes. Ele, inclusive, falou que costuma analisar uma cena por anos antes de implementá-la em suas canções.

Leia também: Jennifer Lopez é nomeada Inovadora da Cultura Pop pela revista WSJ

“[Escrever músicas] leva muito tempo para mim”, disse RM. "Então dói, de corpo e alma, quando tenho que jogar um fora", completou. O grupo, que está por trás do hit "Dynamite", está preparando seu próximo álbum e durante a entrevista revelou o sonho de se apresentar ao vivo para os fãs novamente.

"Essa sensação [de estar no palco] é realmente a melhor emoção que provavelmente tenho na vida. Mesmo se eu sair um dia, acho que voltarei para isso", disse Jin, que junto aos demais integrantes recebeu o prêmio de Inovador Musical do Ano das mãos do apresentador James Corden. 

3
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Kpop

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson