Diário 24 Horas

Tiffany Trump vira piada no Brasil após noivado com Michael Boulos

Internautas brincam com o noivado da filha de 27 anos do ex-presidente dos EUA com um hipotético parente de Guilherme Boulos
Internautas brincam com o noivado da filha de 27 anos do ex-presidente dos EUA com um hipotético parente de Guilherme Boulos
PorMarcos Henderson

Tiffany Trump, a filha mais nova do presidente Donald Trump, anunciou seu noivado com Michael Boulos pouco antes da despedida do pai de Washington. Os brasileiros não deixaram escapar o sobrenome do pretendente da jovem e deram início a uma série de piadas relacionadas ao casamento entre a filha de Donald Trump com um hipotético membro da família de Guilherme Boulos. 

"Agora é oficial. Para desespero dos trumpistas brasileiros, a Tiffany Trump, filha do candidato derrotado nas eleições americanas, está noiva do Boulos. Se tiverem um filho, o sobrenome será Trump Boulos. E ainda terá direito passaporte libanês", brincou o comentarista da Globo News, Guga Chacra. Veja mais algumas reações:

Durante o anúncio de noivado, Tiffany afirmou que "tem sido uma honra comemorar muitos marcos, ocasiões históricas e criar memórias com minha família aqui na Casa Branca", mas afirma que nada é "mas especial do que meu noivado com meu incrível noivo Michael". A confirmação veio através do perfil da jovem no Instagram e rendeu ainda mais brincadeiras relacionadas ao adeus de Trump à presidência dos EUA. 

Michael Boulos, descrito pela Town & Country como um "descendente de uma família rica no exterior" e pela Vanity Fair como um "herdeiro bilionário", postou a mesma imagem, escrevendo: "Fiquei noivo do amor da minha vida!"

Filha de Trump com sua segunda esposa, Marla Maples, Tiffany foi criada principalmente pela mãe na Califórnia e se formou na Georgetown Law School em maio de 2020. Embora tenha se mantido discreta nos últimos quatro anos em comparação com seus irmãos mais velhos, ela ganhou destaque político durante o verão quando discursou na Convenção Nacional Republicana.

"Nossa geração está unida para enfrentar o futuro em tempos de incerteza - e muitos de nós estamos considerando em que tipo de país queremos viver. Como uma recém-formada, posso me identificar com muitos de vocês que podem estar procurando emprego. Meu pai construiu uma economia próspera uma vez e, acredite, ele fará isso de novo", disse Tiffany na época, exortando os americanos a votarem "com base em resultados e não em retórica".

+EUA

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson