Diário 24 Horas

Procura por passagem para Cuba aumenta após a ilha oferecer vacina para turistas

O diretor do Instituto Finlay de Vacinas, Vicente Vérez, confirmou que os turistas poderão se vacinar no país
O diretor do Instituto Finlay de Vacinas, Vicente Vérez, confirmou que os turistas poderão se vacinar no país
PorMarcos Henderson

Após o diretor do Instituto Finlay de Vacinas, Vicente Vérez, afirmar que ofereceria vacina contra Covid-19 para turistas em Cuba, a procura por passagem para a ilha disparou consideravelmente. "Os turistas terão a opção, se quiserem, de vacinar-se em Cuba também", afirmou Vérez, que supervisiona a realização de pesquisas com quatro imunizantes. 

Em uma rápida pesquisa por Cuba no Google Trends, é possível verificar um aumento repentino das tendências de pesquisa pelos termos "passagem Cuba", "passagem para Cuba" e "Cuba vacina para turistas", além de consultas relacionadas que incluem pesquisas sobre os dados demográficos do país e pontos turísticos. 

Internautas também pesquisam sobre turismo em Cuba após a notícia de Vérez
Internautas também pesquisam sobre turismo em Cuba após a notícia de Vérez
Internautas também pesquisam sobre turismo em Cuba após a notícia de Vérez

Sediado em Havana, o Instituto Finlay de Vacinas possui quatro vacinas contra o novo coronavírus em fases avançadas de pesquisa. Entre elas, a Soberana 2 é a que se encontra em estado mais avançado, podendo receber autorização para uso em março. Os outros imunizantes são: Soberana 1, Mambisa e Abdala. 

Atualmente na fase 2 dos ensaios clínicos, a Soberana 2 tem previsão de divulgar os resultados oficiais dos testes em 22 de abril. O composto segue o padrão dos demais, com aplicação dividida em duas doses com intervalo de 28 dias. A pretensão de Cuba é que a Soberana 2 possa ter 100 milhões de unidades produzidas ainda em 2021, com meta de vacinar toda a população cubana (11,3 milhões de pessoas) e exportar o imunizante. 

A 'Soberana 2' está atualmente na segunda fase de testes clínicos
A 'Soberana 2' está atualmente na segunda fase de testes clínicos
A 'Soberana 2' está atualmente na segunda fase de testes clínicos

Cuba administrou a pandemia de forma eficaz, fechando as fronteiras, exigindo máscaras em público e isolando pessoas infectadas, No entanto, após a abertura das fronteiras no final de 2020, o país viu o número de casos aumentar consideravelmente. Ao todo, Cuba soma 29.529 casos e 220 por Covid-19. 

A partir de 6 de fevereiro, turistas que chegarem à ilha caribenha testados e enviados para hotéis, por sua própria conta, onde deverão permanecer por pelo menos cinco dias até que passem pelo teste PCR. Já nos casos de cubanos que estão retornando ao país, o governo custeará a quarentena em centros específicos. 

+Coronavírus

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson