Diário 24 Horas

Rio suspenderá vacinação contra Covid-19 por falta de doses, diz prefeito

Eduardo Paes espera receber novas doses da CoronaVac somente na próxima semana
Eduardo Paes espera receber novas doses da CoronaVac somente na próxima semana
PorMarcos Henderson

A cidade do Rio de Janeiro precisará interromper a campanha de vacinação contra Covid-19 a partir da próxima quarta-feira (17) por falta de doses do imunizante. As informações foram confirmadas pelo prefeito Eduardo Paes (DEM), que emitiu um comunicado através das redes sociais. 

"Hoje vacinamos pessoas de 84 anos e amanhã de 83. Estamos prontos e já vacinamos 244.852. Só precisamos que a vacina chegue. Nova leva deve chegar do Butantan na próxima semana”, afirmou o prefeito da capital, seguido pelo secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, que reafirmou a chegada da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, somente na semana que vem. 

No Rio de Janeiro, o calendário de vacinação já havia sido antecipado no dia 2 de fevereiro, e a previsão era que todos os idosos até 75 anos fossem vacinados até o final do mês. O plano inicial de vacinação consiste em vacinar todos os idosos com mais de 60 anos até o final de março, de acordo com Soranz. 

Idosos com mais de 82 anos deverão procurar os postos somente na próxima semana, retornando ao calendário original, já que a vacinação será interrompida a partir de quarta-feira. Algumas mudanças deverão ser anunciadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro ainda nesta segunda-feira (15) ou nos próximos dias, conforme surgirem atualizações sobre a chegada das novas doses.  

"Havia a expectativa de chegada de mais doses, isso não aconteceu, quando o secretário de Saúde informou isso pela manhã eu já fiz a comunicação de que teríamos que suspender na quarta-feira. E há uma expectativa de entrega de doses por parte do Butantan na semana que vem. Assim que as doses chegarem, a gente retoma. A gente quer acelerar isso", afirmou Paes. 

Soranz afirma que a segunda dose, prevista para ser aplicada a partir de segunda-feira em alguns institutos de longa permanência de idosos, já está reservada. Os profissionais da Saúde que tomaram a primeira dose no dia 20 de janeiro receberão a segunda dose a partir da próxima terça-feira (16). "Vamos aproveitar o feriado de carnaval para poder aplicar a dose”, garantiu o secretário.

+Coronavírus

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson