Do Maranhão para o mundo: Rayssa Leal é prata no skate street nas Olimpíadas

A maranhense de 13 anos garantiu a prata em Tóquio e se tornou a mais jovem brasileira a conquistar uma medalha nas Olimpíadas
A maranhense de 13 anos garantiu a prata em Tóquio e se tornou a mais jovem brasileira a conquistar uma medalha nas Olimpíadas
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Nascida em 4 de janeiro de 2008 em Imperatriz, no Maranhão, Rayssa Leal precisou de apenas 13 anos para conquistar uma medalha histórica para o Brasil nos mais de 100 anos em que o país participa das Olimpíadas. Nos Jogos de Tóquio 2020, a brasileira garantiu a prata no Skate Street, com um décimo de diferença para a primeira colocada, a japonesa Momiji Nishiya, cinco meses mais velha que Rayssa. 

O pódio, completado pela também japonesa Funa Nakayama, foi oficializado após uma bela disputa entre as competidoras, com destaque garantido para as mais novas. Com a conquista, Rayssa Leal superou o recorde anterior de Rosângela Santos, bronze em Pequim, como medalhista brasileira mais jovem da história, além de ser a mais jovem brasileira a participar dos jogos. 

A performance geral de Rayssa no Skate Street foi concisa e animada, sobretudo pelo carisma da maranhense a cada rodada, mesmo com as cobranças instantâneas após os eventuais erros registrados nas manobra. Em questão de segundos, a sorridente competidora mostrava que não estava sentindo a pressão das Olimpíadas como alguns adversários poderiam esperar.

Ela trocou a possibilidade de fazer uma exibição passageira por um palco para mostrar o melhor de si e, acima de tudo, se divertir. Após a vitória, Rayssa agradeceu imensamente pela oportunidade de mostrar seu talento na categoria e se declarou feliz por representar as brasileiras Letícia Bufoni e Pâmela Rosa, que não conseguiram se classificar para a final do Skate Street Feminino. 

"Poder realizar meu sonho de estar aqui e ganhar uma medalha é muito gratificante. Meu sonho e sonho dos meus pais", declarou a skatista, que marcou 14,64 pontos na performance geral e abraçou com entusiasmo a medalhista de ouro, Momiji Nishiya. 

Rayssa abraça a medalhista de ouro, Momiji Nishiya, após a definição do pódio na final do Skate Street
Rayssa abraça a medalhista de ouro, Momiji Nishiya, após a definição do pódio na final do Skate Street
Rayssa abraça a medalhista de ouro, Momiji Nishiya, após a definição do pódio na final do Skate Street

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff