Olimpíadas: Martine Grael e Kahena Kunze conquistam o ouro na vela

A dupla brasileira manteve o equilíbrio durante toda a competição e garantiu o ouro com estratégia e determinação
A dupla brasileira manteve o equilíbrio durante toda a competição e garantiu o ouro com estratégia e determinação
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram a medalha de ouro na classe 49erFX de vela, nas Olimpíadas de Tóquio, após uma campanha impecável que garantiu a primeira colocação geral mesmo com a chegada em terceiro na corrida final. Com isso, o Brasil mantém a tradição de pódio na vela e garante o bicampeonato olímpico para a dupla feminina, que comemorou muito após a linha de chegada na madrugada desta terça-feira (3). 

"Ainda não caiu a ficha. Está difícil de acreditar. Foi uma semana muito difícil de velejar", disse Martine Grael, filha do bicampeão olímpico Torbel Grael, após cruzar a linha de chegada da última regata em terceiro lugar, garantindo a pontuação suficiente para conquistar o lugar mais alto do pódio ao lado de Kunze. Na pontuação geral, o Brasil perdeu apenas 76 pontos, enquanto as alemãs Tina Lutz e Sussan Beucke ficaram com 83, e as holandesas Annemiek Bekkering e Anette Duetz com 88. 

Estratégicas e focadas, Martine e Kahena apostaram no vento como principal recurso para superar as adversárias, sobretudo por causa da diferença de peso corpóreo, o que já havia sido destacado pela dupla em entrevistas durante a competição. Na última regata, as brasileiras optaram por uma largada diferente em relação às demais competidoras e arriscaram um caminho alternativo que deu certo, deixando-as na terceira posição durante boa parte do percurso, enquanto a Argentina liderava disparadamente, seguida pela Noruega. 

Lembrando o início da competição, Martine e Kahena revelaram apreensão após um início complicado, mas a trajetória de recuperação propiciou uma elevação na classificação e a consequente vitória geral para a dupla, que manteve a consistência nas regatas seguintes à estreia, incluindo duas vitórias. No final, tudo deu certo, já que a Holanda, que era a única empatada em pontos com o Brasil, não garantiu uma boa colocação na regata, deixando livre o caminho para o ouro brasileiro. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff