"Meet & Greet" de Avril Lavigne, que custou R$ 800, não permitia que fãs tocassem na cantora

"Meet & Greet" de Avril Lavigne, que custou R$ 800, não permitia que fãs tocassem na cantora
Diário 24 Horas
PorDiário 24 Horas

A turnê da canadense Avril Lavigne pelo Brasil que acabou neste último domingo (4), deixou algumas polêmicas para trás. Uma delas, foi o "Meet & Greet" da cantora nos shows de São Paulo, onde foi cobrado dos fãs cerca de R$ 800 para conhecer a cantora e tirar uma foto com ela.

Apesar do valor um tanto quanto salgado, o que chamou mesmo a atenção e provocou uma série de críticas foi o fato de os fãs serem instruídos a não tocarem na cantora sem pedir permissão, o que resultou em uma série de imagens estranhas, com a cantora de um lado, e os fãs do outro.

Segundo relatos de alguns dos fãs que estiveram no "Meet & Greet", a situação não funciona exatamente dessa forma, mas não está totalmente infundada. "A Adventures (equipe que controla o Meet & Greet) nos passou a informação de que não era permitido abraçar e nem tocar. Mas perguntamos se podemos pedir pra abraçar e a resposta foi positiva", revelou Cary Thieves, por meio de uma página da cantora no Facebook. 

O brasileiro Gustavo Nunes também confirmou o "procedimento": "Sempre que a gente perguntava, o pessoal da organização falava que não era para tocar e nem abraçar, mas que nós podíamos pedir para a Avril para fazer essas coisas".

Com cinco apresentações marcadas, a bela passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília entre os dias 29 de abril e 4 de maio. 

 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff