Dwayne "The Rock" Johnson questiona Trump em vídeo emocionado sobre o movimento "Black Lives Matter"

'Onde está o nosso líder?', questionou o astro em rede social.
'Onde está o nosso líder?', questionou o astro em rede social.
PorCarol Souza04/06/2020 11h22

Dwayne "The Rock" Johnson postou um vídeo apaixonado em seu perfil no Twitter nesta quinta-feira (4) juntando sua voz à outros artistas e mostrando apoio ao movimento "Black Lives Matter". Claramente emocionado, The Rock questiona a falta de liderança do presidente Trump durante os protestos em todo o país contra a morte de George Floyd.

"Onde você está? Onde está o nosso líder? Johnson pergunta. "Onde está o nosso líder neste momento em que nosso país está de joelhos, implorando, suplicando, magoado, zangado, frustrado, com dores de braços abertos, apenas querendo ser ouvido?".

O ator pergunta repetidamente: "Onde você está?" ao longo do vídeo, que dura oito minutos e 25 segundos. Floyd morreu asfixiado no último dia 25 de maio, depois que um policial de Minneapolis, que foi acusado de assassinato em segundo grau, manteve o joelho no pescoço de Floyd por oito minutos e 46 segundos.

"Onde está o nosso líder compassivo que vai se aproximar do nosso país, que está de joelhos, e estende a mão e diz: 'Levante-se, levante-se comigo porque eu te amparo. Eu ouço você, estou ouvindo você. E você tem a minha palavra de que farei tudo o que estiver ao meu alcance, até o dia da minha morte, meu último suspiro, para fazer tudo o que puder para criar a mudança necessária, para normalizar a igualdade porque as vidas negras são importantes?", diz Johnson.

Embora Johnson não se refira a Trump pelo nome, fica mais do que claro o fato de estar se referindo o presidente americano. O monólogo é uma das posições políticas mais fortes que ele assumiu abertamente durante sua carreira.

O ator também inflama seu apoio ao movimento "All Lives Matter", dizendo que agora, as vidas negras precisam de apoio.

"É claro que todas as vidas são importantes, mas neste momento, neste momento decisivo, crucial e explosivo em que nosso país está de joelhos... precisamos dizer as palavras: vidas negras são importantes", diz ele.

Os comentários e tweets de Trump sobre manifestantes e a sugestão de violência contra saqueadores foram amplamente criticados por outras celebridades e políticos.

"Devemos nos tornar os líderes que estamos procurando. Vou perguntar mais uma vez: onde você está? Onde está esse líder compassivo que se intensifica e assume a responsabilidade por seu país e por todas as pessoas em nosso país?" Diz Johnson. "Onde você está? Vou te dizer uma coisa, estamos aqui. Estamos todos aqui. O processo de mudança já começou. Você pode sentir isso em todo o país. Mudança está acontecendo. Vai levar tempo. Nós vamos ser espancados. Nós vamos tomar nossos pedaços. Haverá sangue, mas o processo de mudança já começou".

Johnson já havia anteriormente demonstrado seu interesse pela política. Em 2017, o ator disse à Variety que ele "consideraria 100%" concorrer ao cargo. 

"Estou ciente de que política não é o meu negócio, então a melhor coisa que posso fazer é continuar ouvindo e aprendendo o máximo que puder", disse Johnson à Variety no final de 2017, quando questionado sobre suas ambições políticas. "Continuo observando nossa presidência e como cada novo desenvolvimento é tratado. Continuo observando nossos líderes no governo e, como todos os americanos, espero ter esperança de que nossos líderes demonstrem equilíbrio, perspectiva e capacidade de reunir nosso país durante esses tempos difíceis - o que não acho que nossa presidência esteja exercendo atualmente. - então é isso que estou fazendo".

Nesta semana, para apoiar o "Blackout Tuesday", Johnson postou uma imagem de um quadrado preto em sua conta do Instagram, como muitas pessoas ao redor do mundo fizeram para mostrar solidariedade aos manifestantes. Ele postou mensagens de sua empresa de produção, a Seven Bucks Productions, e de seus negócios na Teremana Tequila.

"Temos uma profunda responsabilidade perante a nossa comunidade negra e exigimos igualdade", escreveu ele. Johnson também postou uma foto na semana passada com uma citação de Floyd, "Não consigo respirar", juntamente com uma longa legenda com seus pensamentos sobre a tragédia.

"Onde está a maior responsabilidade? A liderança para a cura. Mais importante, a liderança para a IGUALDADE. Finalmente, vencemos quando podemos normalizar a igualdade", escreveu ele. "Sinto muito pela família Floyd. Meu coração parte por você".

+Black Lives Matter

0
1
0
Carol Souza
Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol