Fãs de K-pop derrubam hashtags racistas iniciadas por trolls no 4Chan

A #WhiteOutWednesday foi sobrecarregado com imagens de Wite-Out (corretivo líquido escolar) e de bandas e ídolos do K-pop.
A #WhiteOutWednesday foi sobrecarregado com imagens de Wite-Out (corretivo líquido escolar) e de bandas e ídolos do K-pop.
Carol Souza
PorCarol Souza

Há críticas justas a serem cobradas à megamachina do K-pop que, com suas regras estritas para suas estrelas, pode levar a algumas tendências perturbadoras. Mas nestas últimas semanas todos precisamos dar o braço a torcer aos fãs do gênero: eles estão aqui lutando por uma boa causa.

Os fãs de K-pop têm ativamente inundado as mídias sociais para derrubar as hashtags racistas e extremistas que correm contra a mensagem dos atuais protestos mundiais, e agora estão enfrentando abertamente os trolls racistas da rede social 4chan.

Nas últimas duas semanas, os fãs de K-pop têm cooptado hashtags contrárias ao movimento "Black Lives Matter", como #WhiteLivesMatter e #BlueLivesMatter, e interrompido as tentativas das forças policiais da cidade de capturar informações sobre manifestantes.

Após o apelo à ação #BlackOutTuesday (reconhecidamente mal executada) na semana passada, os usuários do 4chan reuniram suas tropas para colocar nos trends a #WhiteOutWednesday, logo no dia seguinte. É claro que os fãs de K-pop não estavam dispostos a deixar a mensagem racista dos trolls abafar o pedido de justiça e igualdade raciais, então eles assumiram a hashtag e, de forma sarcástica, a inundaram com imagens do corretivo líquido escolar Wite-Out.

No mesmo dia, eles também inundaram a hashtag #Qaṇöṇ com FanCams (filmagens de performances do K-pop focadas em um membro do grupo). Os usuários do Qanon e do 4chan tentaram revidar, com pedidos para "fazê-los reagir" usando as mesmas táticas para preencher hashtags populares do K-pop com "pornografia pesada e gore".

Quando esse plano não funcionou, outro esquema no 4chan foi criado no fim de semana. Dessa vez, eles tentaram usar as próprias imagens dos fãs de K-pop contra eles. Eles estão criando FanCams com "legendas da direita", incluindo "#WhiteLivesMatterMore", "negros têm um QI 15 pontos mais baixo do que brancos", "negros estão destruindo suas próprias comunidades" e "é por isso que eles são pobres, não por causa dos brancos ". O tipo de retórica perigosa e racista que você espera de um dos cantos mais sombrios da Internet.

Mas vistas todas as conquistas dos fãs de K-pop até aqui, os 4chaners estão subestimando o poder da presença on-line da comunidade e com toda a certeza, sua capacidade em derrubar qualquer conteúdo que eles possam tentar divulgar.

Para provar a rapidez com que eles podem se mobilizar em massa, poucas horas após o BTS anunciar uma doação de US$ 1 milhão ao "Black Lives Matter", o "Exército do BTS" conseguiu dobrar esse valor em uma campanha de doações com a hashtag #MatchAMillion.

Os fãs de K-pop são oficialmente os "Nós temos um Hulk" na batalha online pela justiça racial.

Comentários

O que você achou?