Após ser associado a pedofilia, Felipe Neto promete processo contra aliado de Bolsonaro

O influenciador digital vai processar todos que o acusarem sem provas.
O influenciador digital vai processar todos que o acusarem sem provas.
PorKelly Lima18/06/2020 18h40

Recentemente, muitos artistas passaram a ser expostos nas internet. Vários podres começaram a vir à tona, alguns confirmados e outros não. PC Siqueira, por exemplo, foi acusado de pedofilia e está respondendo na justiça, onde pretende provar sua inocência, até agora sem retorno positivo. Seguindo o embalo das acusações feitas contra o Youtuber, algumas pessoas também tentam associar a imagem de Felipe neto ao mesmo crime. Sem provas que o comprometam, o influenciador digital promete processo para qualquer um que tenha coragem de acusá-lo, incluindo um certo deputado bolsonarista.

Como se sabe, Felipe Neto é um ferrenho opositor do governo de Jair Bolsonaro e se orgulha isso. Dia após dia usa seu Twitter para criticar o presidente e todos os seus aliados causando grande revolta no meio bolsonarista, que o atacam impiedosamente, inclusive espalhando Fake News, algumas gravíssimas, como a disseminada pelo deputado federal Hélio Lopes, também conhecido como “Hélio Negão”. O político havia publicado conteúdo associando Felipe Neto e seu irmão Lucas à pedofilia.

A resposta do youtuber veio rápida e dura. Em seu Twitter, ele comunicou que estava tomando as medidas jurídicas cabíveis contra o Hélio. “Será processado o Deputado Hélio Lopes, popularmente chamado de 'Hélio Negão' pelo Bolsonaro, por associar publicamente a minha imagem e a de Luccas Neto ao crime de pedofilia. Terá a chance de provar na justiça que temos qualquer envolvimento com isso, na cível e criminal”, escreveu no microblog, na madrugada desta quinta-feira, 18.

No dia anterior, Felipe havia mencionada que entraria com processos contra pessoas e grupos que o relacionasse ao crime, assim como seu irmão. “Eu não tenho a mínima dúvida de que eles serão vencidos e que servirão de exemplo para que toda essa corja sem caráter comece aprender a se comportar na internet”, publicou. A postagem feita por Hélio Lopes se baseava em um vídeo com falas cortadas de youtubers, que editadas davam margem para má interpretação. No fim, ainda havia as frases “pedofilia não tem graça” e “todos contra a erotização de crianças e adolescentes”.

+Felipe Neto

Sobre o autorKelly Lima
Web designer por curiosidade, Desenhista por amor, Gestora de RH por teimosia, acadêmica de Geografia por sorte e redatora nas horas vagas. Twiiter: Kelly Nivelly (@KNivelly)