Banco Central informa que investidores retiram US$ 50,9 bi do Brasil em aplicações financeiras em 12 meses

Apenas nos cinco primeiros meses de 2020, o montante de US$ 33,6 bilhões deixaram a economia brasileira.
Apenas nos cinco primeiros meses de 2020, o montante de US$ 33,6 bilhões deixaram a economia brasileira.
PorBruna Pinheiro24/06/2020 12h23

Os investidores nacionais e internacionais retiraram do Brasil o montante de US$ 50,9 bilhões de aplicações financeiras, no período de 12 meses até maio deste ano. A informação foi disponibilizada hoje (24) pelo Banco Central.

Com isso, os valores retirados são de ações, em fundos de investimentos e em títulos da renda fixa e foram levados em boa parte para títulos de países desenvolvidos, como os Estados Unidos. O mês de maio, com a pandemia, foi responsável sozinho pela saída líquida de US$ 545 milhões em títulos de renda fixa e de US$ 1,6 bilhão em ações e fundos de investimento. 

O ambiente de incertezas da política brasileira, bem como os desdobramentos da pandemia do novo coronavírus no país de fevereiro até maio é o pano de fundo também da baixa de Investimentos Diretos no País (IDP), que somaram também no mês de maio US$ 2,552 bilhões, e este é o menor montante de investimento para o mês desde 2018, quando o IDP foi de US$ 2,004 bilhões.

Apesar da baixa, o valor está acima do projetado pelo Projeções Broadcast, que iam de US$ 1,100 bilhão a US$ 2,000 bilhões, e, segundo o BC o IDP de abril indicaria entrada de US$ 1,500 bilhão. Até o mês de março, a  estimativa do BC para este ano é de IDP de US$ 60,0 bilhões. 

+Economia

Comentários

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1