Produtores de Guerra Mundial Z não descartam sequência

Mesmo faturando US$ 540 milhões, a continuação havida sido cancelada pela Paramount.
Mesmo faturando US$ 540 milhões, a continuação havida sido cancelada pela Paramount.
PorKelly Lima24/07/2020 21h08

Para aquelas pessoas que se amarram em produções com temática zumbi, Guerra Mundial Z é um filme indispensável na listinha. Cheio de ação, o longa agradou muitos e por isso uma continuação era aguardada, mas não foi o que ocorreu. A Paramount engavetou o projeto, para frustração dos fãs e dos produtores Jeremy Kleiner e Dede Gardner, que ainda assim não descartam as esperanças de criar uma sequência. 

Mesmo após o filme ser oficialmente cancelado pela Paramount, a dupla de produtores comentou recentemente em entrevista ao THR, que possuem grande desejo de realizar a continuação do longa baseado no livro de Max Brooks. Indicando que havendo uma oportunidade futura, eles não deixarão passar. “Algum dia. Nós amamos o livro do Max Brooks. Nós amamos esse universo. Não sentimentos que terminamos de explorar o mundo de Guerra Mundial Z”, garantiram.

O longa é o mas rentável na carreira de Brad Pitt.
O longa é o mas rentável na carreira de Brad Pitt.
O longa é o mas rentável na carreira de Brad Pitt.

O depoimento de Jeremy Kleiner e Dede Gardner reflete o desejo dos vários fãs, que anseiam por assistir uma continuidade da história estrelada por Brad Pitt, nos cinemas. O primeiro filme, focado na trama de um apocalipse zumbi capaz de destruir toda a humanidade, possuiu um orçamento inicial de US$ 190 milhões e arrecadou US$ 540 milhões em todo o mundo, se tornando um dos maiores sucessos de bilheteria da carreira de Pitt.

Guerra Mundial Z 2 traria novamente o astro protagonizando o longa, assim como David Fincher na direção. No entanto,  o alto orçamento gasto no primeiro, que precisou de gastos extras com extensas refilmagens, foram imperativas na tomada de decisão do estúdio. Nem mesmo as garantias feitas pelo diretor, de que a sequência seria em menor escala, ou seja, menos dinheiro gasto, não foram suficientes para convencer a Paramount a dar continuidade ao projeto, na época. Mas quem sabe essa decisão não seja revogada no futuro, certo?

+Brad Pitt

Sobre o autorKelly Lima
Web designer por curiosidade, Desenhista por amor, Gestora de RH por teimosia, acadêmica de Geografia por sorte e redatora nas horas vagas. Twiiter: Kelly Nivelly (@KNivelly)