The Killers conduzirão investigação após acusações de abuso sexual contra equipe de turnê

A banda The Killers está envolvida em polêmicas envolvendo abuso sexual. Foto: Reprodução.
A banda The Killers está envolvida em polêmicas envolvendo abuso sexual. Foto: Reprodução.
PorCarol Souza30/07/2020 10h33

Nesta semana os membros da banda The Killers anunciaram que estão "conduzindo uma investigação completa sobre a equipe do passado e do presente", após alegações de má conduta sexual em uma de suas turnês.

Isso acontece após denúncias feitas por uma engenheira de som, que afirma que uma mulher foi abusada nos bastidores durante a turnê da banda pelos EUA em 2009 em um blog postado em sua conta no Twitter.

AVISO: O restante deste artigo contém detalhes que alguns leitores podem achar perturbadores

A mulher, que recebeu o nome de Chez Cherrie, escreveu: "Estávamos na metade do nosso carregamento quando o engenheiro da FOH [frente da casa] falou pelo rádio e disse: 'Ei, pessoal! tem uma garota pronta no Camarim A. Coloque seu nome na lista do lado de fora da porta com seu canal de rádio e nós ligaremos para você quando for a sua vez'".

"Continuei minha carga, ocasionalmente ouvindo um nome aparecer no rádio para notificá-los de que era a vez deles na fila do Camarim A".

Quando eles partiram, ela disse que um segurança correu em direção ao ônibus. "O segurança disse, e nunca esquecerei esse momento, porque um pedaço de mim morreu naquela noite: 'A garota do camarim A está desmaiada e nua. Alguém vai cuidar dela?'".

Ela alega que os homens no ônibus riram e se recusaram, antes de deixar o local.

"Chorei naquela noite no meu beliche", acrescentou. "Eu deveria ter deixado a turnê. Eu deveria ter falado por aquela mulher. Eu deveria tê-la defendido... e ter certeza de que ela estava bem".

Cherrie não nomeou a banda inicialmente no artigo, publicado em 2018, mas as identificou como The Killers quando postou o blog no Twitter nesta quarta (29). Nenhum dos membros da banda foi envolvido no caso, apesar de Cherrie dizer claramente que todos foram complacentes, incluindo ela mesma, e que o único membro que não fez parte do ocorrido foi o vocalista, Brandon Flowers - que durante a turnê viajou em um ônibus separado com sua esposa e filhos -, porém afirma que de forma alguma havia a possibilidade de ele não saber o que estava acontecendo.

Um representante legal do The Killers emitiu uma declaração à NME dizendo: "Antes de tudo, qualquer alegação de comportamento inapropriado de qualquer pessoa da equipe de turnê do The Killers é levada extremamente a sério pela banda e sua gerência".

"A história dessa pessoa é assustadora e, embora o The Killers não tenha a mesma equipe de turnê em 2020 que ela teve no início de sua carreira, estará conduzindo uma investigação completa sobre a equipe de turismo passada e presente", afirmou.

"A equipe jurídica entrará em contato com essa pessoa para obter mais informações e clareza sobre os supostos incidentes, conforme detalhado, bem como para o fornecedor de áudio que forneceu serviços à equipe para a turnê". A declaração acrescentou: "A banda está surpresa e chocada com essas alegações. O comportamento atribuído a eles e sua equipe é irreconhecível e contraria diretamente os princípios com os quais eles administram seu local de trabalho".

+The Killers

Sobre o autorCarol Souza
Amante do cinema, dos livros e apaixonadíssima pelo bom e velho rock n'roll. Amo escrever e escrevo sobre o que amo. Ativista da causa feminista e bebedora de café profissional. Instagram: @barbooosa.carol