Diário 24 Horas

Avó de Michelle Bolsonaro morre aos 80 anos, vítima de Covid-19

Maria Aparecida foi encontrada caída na rua pouco antes do presidente confirmar que estava com coronavírus
Maria Aparecida foi encontrada caída na rua pouco antes do presidente confirmar que estava com coronavírus
PorMarcos Henderson

Maria Aparecida Firmo Ferreira, a avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro, morreu na madrugada desta quarta-feira (12) no Hospital Regional de Ceilândia, no Distrito Federal, vítima de Covid-19. Ela tinha 80 anos. 

A avó de Michelle foi internada no dia 3 de julho, depois que foi encontrada "por populares, na rua, caída" em Ceilândia, no dia 1º de julho, segundo o prontuário  médico. Primeiro, ela foi levada ao hospital da região, com falta de ar, e depois encaminhada ao Hospital Regional de Santa Maria (HRSM). 

A avó de Michelle estava internada desde o início de julho
A avó de Michelle estava internada desde o início de julho
A avó de Michelle estava internada desde o início de julho

Somente nesta quarta, no dia da morte, a transferência de Maria Aparecida para o Hospital Regional de Ceilândia foi confirmada pela administração do HRSM. Michelle foi diagnosticada com Covid-19 no dia 30 de julho, e o presidente Jair Bolsonaro confirmou que estava infectado no dia 7.

A região onde Maria Aparecida foi encontrada caída no chão é a que concentra o maior número de casos de coronavírus em todo o Distrito Federal. São 15.203 casos até a última terça-feira (11). Na capital, são 127.484 infectados pela doença, com 88,2% de recuperação. Até o fechamento desta matéria, o Palácio do Planalto não confirmou se o presidente e a primeira-dama iriam se pronunciar sobre o caso. 

Pela manhã, Bolsonaro compartilhou uma transmissão ao vivo da solenidade de partida da comitiva brasileira em missão especial a Beirute, no Líbano, onde uma gigantesca explosão devastou parte da cidade após um acidente em um armazém que depositava fogos de artifício. 

+Coronavírus

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson