Fim da pandemia? Praias e pontos turísticos em todo Brasil lotam durante o feriado ignorando protocolos de segurança

Praias no Rio de Janeiro e outros estados recebem centenas de turistas.
Praias no Rio de Janeiro e outros estados recebem centenas de turistas.
PorBruna Pinheiro06/09/2020 14h57

Mesmo sem vacina e com mais de 125 mil mortos pelo novo coronavírus, a pandemia parece não mais afetar o cotidiano de milhares de brasileiros durante o feriadão de Independência, que vai até segunda-feira, 7.

Várias praias em todo o país registraram aglomeração e não cumprimento dos protocolos de segurança para diminuir os casos de COVID-19 no Brasil. Tanto no sábado (5), como no domingo (6) as praias no Rio de Janeiro, Jericoacoara, Guarujá, entre outras receberam muitos banhistas. As rodovias de São Paulo registraram vários quilômetros de lentidão, em especial rumo ao litoral paulista.

Congestionamento na rodovia Castello Branco na sexta-feira (4). — Foto: Reprodução/TV Globo
Congestionamento na rodovia Castello Branco na sexta-feira (4). — Foto: Reprodução/TV Globo
Congestionamento na rodovia Castello Branco na sexta-feira (4). — Foto: Reprodução/TV Globo

No Ceará, em Jericoacoara que possui 7.500 leitos entre hotéis e pousadas, a vila conseguiu alcançar 100% de lotação. Apesar dos estabelecimentos se esforçarem para cumprir as medidas de distanciamento social, responsáveis pelo turismo no local relatam dificuldade em convencer os turistas em utilizar a máscara de proteção.

No Rio de Janeiro, a Praia de Ipanema estava lotada neste domingo e sem fiscalização. O estado que dividiu o retorno gradual, emitiu um decreto municipal liberando os ambulantes e o banho de mar na Fase 5, mas não liberou a permanência na areia, porém muitos descumprem a medida.

Nas redes sociais, vários apoiadores do presidente Jair Bolsonaro subiram a hashtag "Aglomera Brasil", requisitando o fim das medidas de distanciamento e que restringem os atendimentos e ocupação de estabelecimento em todo o país. Pessoas contrárias as aglomerações também estão usando a tag para denunciar as atitudes contrárias as políticas adotadas.

+Coronavírus

Comentários

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1