Após fiasco de Bolsonaro, ONU convoca discurso de Lula em seminário

O ex-presidente irá discursar no webinário 'Educação e as Sociedades Que Queremos' na próxima quinta-feira, 24
O ex-presidente irá discursar no webinário 'Educação e as Sociedades Que Queremos' na próxima quinta-feira, 24
PorMarcos Henderson23/09/2020 12h59

O ex-presidente Lula foi convidado pela relatora da ONU para o Direito à Educação, Koumbou Boly Barry, a discursar na abertura do Webinário “Educação e as Sociedades Que Queremos”, na próxima quinta-feira (24), a partir das 10h. Ele irá abordar diversos pontos de seu antigo governo e dialogar sobre o que é necessário para construir um futuro mais digno à população, ao lado do ganhador do Prêmio Nobel da Paz, Kailash Satyarthi, que também irá discursar na abertura, e o diretor geral da Organização do Mundo Islâmico para Educação, Ciência e Cultura (ICESCO), Salim M. Al Malik.

Em comunicado oficial, Barry afirma que a escolha de Lula reflete a necessidade de mostrar a experiência do Brasil na educação para o mundo. Além disso, ela também afirma que o ex-presidente colaborou e colabora para o progresso mundial, fortalecendo laços entre povos. O ex-ministro da Educação e concorrente de Jair Bolsonaro nas eleições de 2018, Fernando Haddad, também participará do evento com uma fala sobre “Políticas e Mecanismos para garantir uma educação de qualidade, igualitária e inclusiva para todos”.

Bolsonaro foi o primeiro chefe de estado a discursar na Assembleia Geral da ONU 2020
Bolsonaro foi o primeiro chefe de estado a discursar na Assembleia Geral da ONU 2020
Bolsonaro foi o primeiro chefe de estado a discursar na Assembleia Geral da ONU 2020

A notícia chega logo após o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, realizada na manhã da última terça-feira (22). Na ocasião, Bolsonaro não teve medo de inserir uma série de justificativas banais para os desastres ambientais que se intensificam durante seu mandato, chegando a culpar o "caboclo e o índio" pelas queimadas e limitando-se a dizer que a Amazônia não permite incêndios devido ao clima úmido, além de citar o combate ao que chamou de "cristofobia" e outras frases que condizem com a negligência de sua atuação como governante do país. 

O Webinário da próxima quinta-feira faz parte da iniciativa "Sociedade que Queremos", da ICESCO, e irá discutir, tanto em esfera interna dos líderes políticos quanto no âmbito popular, a importância da disseminação do conhecimento. A transmissão virtual acontecerá no perfil da ICESCO no Facebook. 

Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Lula

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson

Últimas