Bolsonaro critica comentário de Biden sobre a Amazônia: 'Lamentável'

Bolsonaro rebateu Biden com menções à esquerda e conversas pessoais com Trump
Bolsonaro rebateu Biden com menções à esquerda e conversas pessoais com Trump
PorMarcos Henderson30/09/2020 16h26

Após o candidato democrata às eleições presidenciais nos Estados Unidos, Joe Biden, afirmar que forneceria US$ 20 bilhões para auxiliar no combate ao desmatamento na Amazônia e ameaçar impor sanções caso a situação não melhore, o presidente Jair Bolsonaro decidiu rebater os comentários e, mais uma vez, defender a reeleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos. 

Em publicação nas redes sociais, Bolsonaro repete os discursos contra a esquerda ao afirmar que "nossa soberania é inegociável". "Meu governo está realizando ações sem precedentes para proteger a Amazônia. Cooperação dos EUA é bem-vinda, inclusive para projetos de investimento sustentável que criem emprego digno para a população amazônica, tal como tenho conversado com o Presidente Trump", disse Bolsonaro após falar que hoje "seu Presidente, diferentemente da esquerda, não mais aceita subornos, criminosas demarcações ou infundadas ameaças". 

Joe Biden é o candidato democrata à presidência dos EUA
Joe Biden é o candidato democrata à presidência dos EUA
Joe Biden é o candidato democrata à presidência dos EUA

Em seguida, o presidente brasileiro afirmou que "a externação por alguém que disputa o comando de seu país sinaliza claramente abrir mão de uma convivência cordial e profícua". Ao final, Bolsonaro repreendeu Biden e disse que sua declaração foi desastrosa e gratuita: "Custo entender, como chefe de Estado que reabriu plenamente a sua diplomacia com os Estados Unidos, depois de décadas de governos hostis, tão desastrosa e gratuita declaração. Lamentável,  Sr. Joe Biden, sob todos os aspectos, lamentável."

No debate entre Biden e Trump, as discussões percorreram alguns assuntos principais, como a pandemia de Covid-19, o racismo e os consequentes protestos impulsionados após a morte de George Floyd, Economia e a integridade das eleições por correspondência.  

Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Bolsonaro

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson