Príncipe Andrew planeja retorno à vida pública, mas gera controvérsias

O duque de York planeja uma volta gradativa às funções públicas após hiato de um ano
O duque de York planeja uma volta gradativa às funções públicas após hiato de um ano
PorMarcos Henderson26/10/2020 18h50

O príncipe Andrew, o duque de York, está tramando uma maneira de retornar à vida pública, mas as chances de represálias continuam gerando dúvidas nos bastidores, mesmo após um ano de hiato, que ganhou novos capítulos polêmicos após o depoimento de Ghislaine Maxwel. De acordo com informações do Sunday Times, do Reino Unido, o príncipe estaria gastando esforços para pensar em como voltar a servir seu país e apoiar a monarquia no futuro. 

No entanto, o relatório também cita um assessor com comentários pessimistas sobre o retorno de Andrew às funções reais: “Embora os obstáculos em torno do caso Epstein ainda estejam pairando sobre ele, será difícil para ele representar a família em qualquer capacidade, pois sua presença ofuscaria o trabalho da monarquia.”

O jornal britânico The Telegraph relatou nesta segunda-feira (26) que fontes do Palácio de Buckingham insistem que o príncipe Andrew não pode retornar às funções públicas até que tenha seu nome limpo.

Relembre as polêmicas envolvendo o príncipe Andrew

Amizade do príncipe Andrew com o criminoso sexual condenado Jeffrey Epstein gerou questionamentos intensos em 2019
Amizade do príncipe Andrew com o criminoso sexual condenado Jeffrey Epstein gerou questionamentos intensos em 2019
Amizade do príncipe Andrew com o criminoso sexual condenado Jeffrey Epstein gerou questionamentos intensos em 2019

Em 2019, o duque de York foi questionado sobre sua amizade com o criminoso sexual condenado Jeffrey Epstein e sobre as alegações de que ele próprio dormiu com Virginia Giuffre, que era um adolescente na época. Logo após o caso, que ganhou destaque na edição especial do programa "Newsnight", da BBC", ele retirou-se da vida pública para dar início a uma tentativa de desvinculação à polêmica.

O possível retorno do Príncipe Andrew à vida pública também pode depender de novas revelações que podem surgir se o texto completo de um segundo depoimento feito pela confidente de longa data e ex-namorada de Epstein, Ghislaine Maxwell, em 2016 vier à tona. Maxwell está atualmente na prisão por acusações de tráfico de menores, incluindo Giuffre. Seu depoimento, que foi aberto na semana passada, teria mencionado o príncipe Andrew.

O escândalo em torno de Epstein resultou em uma série de documentários detalhando o caso e apresentando testemunhos de sobreviventes. O bilionário morreu em agosto de 2019 após se enforcar em sua cela no Metropolitan Correctional Center em Manhattan enquanto esperava para ser julgado por acusações de tráfico sexual.

3
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Príncipe

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson