Covid-19 atinge novo recorde diário de mortes no mundo

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, o mundo registrou 11.115 mortes por coronavírus na última terça-feira, 17
De acordo com a Universidade Johns Hopkins, o mundo registrou 11.115 mortes por coronavírus na última terça-feira, 17
PorMarcos Henderson18/11/2020 14h20

A segunda onda de Covid-19 na Europa está refletindo em novos saltos de casos da doença por diversos países, e de acordo com o último levantamento da Universidade Johns Hopkins o mundo registrou 11.115 mortes ocasionadas pelo novo coronavírus na última terça-feira (17), ultrapassando o recorde anterior de 11 mil, registrado no dia 4 de novembro. 

O Brasil segue como o segundo país que mais acumula mortes de Covid-19 (166 mil), atrás somente dos Estados Unidos, que soma 248 mil. Em terceiro lugar está a Índia, com 130 mil, depois o México, com 99 mil, e Reino Unido, com 52 mil mortes registradas. Ao todo, são 1,3 milhão de mortes em todo o planeta, e 55,7 milhões de casos. 

Itália e Espalho registraram o maior número de mortes diários por coronavírus desde o início da segunda onda de contágio, relatando 731 e 435 mortes, respectivamente, nas últimas 24 horas. A Itália, o primeiro país ocidental atingido pelo vírus, registrou 46.464 mortes ocasionadas pela doença, enquanto a Espanha registrou 41.688.

Esses altos números diários de mortes na Itália não eram vistos desde 3 de abril, quando o país ainda estava em rígido sistema de lockdown. O número de mortos na Espanha está bem acima do recorde da segunda onda anterior, de 411 mortes.

A segunda onda já matou 9 mil pessoas na Itália, onde a abordagem alternativa para um bloqueio nacional até agora mostrou pouco sucesso enquanto o número total de infecções passou de 1 milhão na semana passada e os casos aumentam para mais de 30 mil por dia.

Na manhã desta quarta-feira (18), a Rússia confirmou o registro de 20.985 novos casos de Covid-19 e um novo recorde diário de mortes (456). Tóquio, no Japão, bateu recorde de infectados hoje, registrando 493 novos casos e ultrapassando o recorde anterior de 472, registrado em 1º de agosto. 

2
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Coronavírus

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson