Sérgio Camargo diz que negros retirados da lista de Palmares retornarão após a morte

Apoiador de Bolsonaro, Camargo afirmou que os nomes excluídos retornarão em homenagens póstumas
Apoiador de Bolsonaro, Camargo afirmou que os nomes excluídos retornarão em homenagens póstumas
PorMarcos Henderson20/11/2020 15h22

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, utilizou sua conta no Twitter na noite da última quinta-feira (19) para rebater as inúmeras críticas que tem recebido devido às mudanças que serão realizadas na lista de personalidades negras homenageadas pela instituição.

Nomes como Milton Nascimento, Gilberto Gil, Elza Soares, entre vários outros, deixarão a lista, que passará a promover homenagens póstumas ao invés de incluir nomes vivos, e esta foi, basicamente a justificativa de Camargo para dizer que os nomes retirados atualmente poderão retornar à lista. A única condição é: eles não estarão mais vivos. 

"Nenhum artista foi excluído da lista da Palmares! Isso ocorrerá somente em 1 de dezembro, quando entra em vigor a portaria que normatiza as homenagens da instituição. A nova lista prestará homenagens póstumas. Portanto, excluirá todos os que estão vivos. Retornarão um dia", explicou Camargo, que segue rodeado de críticas entre parlamentares, inclusive com projetos iniciados por alguns deputados, como José Guimarães (PT-CE) e Túlio Gadêlha (PDT-PE), para suspender a nova portaria da Fundação Palmares. 

Leci Brandão, uma das pessoas retiradas da lista de personalidades da instituição, afirmou recentemente que Camargo foi escolhido para o cargo por ser um alienado, e que ele "está sempre procurando uma forma de humilhar, desmerecer". Ela ainda comentou a decisão do presidente de Palmares em não celebrar o Dia da Consciência Negra em 2020. 

“[Camargo] Não entendeu o quanto a população negra tem uma felicidade, a gente se sente fazendo parte realmente da história desse país. Nós fazemos parte de tudo o que está aí. Você não pode olhar costumes, cultura, arte, e não falar da população negra. Estamos em tudo isso”, afirma a cantora. "É um cidadão que não pesa em nada, não significa nada para mim", conclui. 

1
Gostei
Haha
Triste
Detestei
Amei
Aff
Gostei
Comentar

+Política

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson