Diário 24 Horas

Prefeitos tomam posse nos 5.472 municípios brasileiros

Prefeitos de grandes capitais como São Paulo e Rio de Janeiro já foram empossados.
Prefeitos de grandes capitais como São Paulo e Rio de Janeiro já foram empossados.
PorBruna Pinheiro

A política brasileira iniciou hoje (1) um novo capítulo para os próximos quatro anos nas prefeituras de todo o país com a posse dos novos prefeitos eleitos nas Eleições 2020. Ao todo, 5.472 municípios tiveram suas cerimônias de posse realizadas, não só dos prefeitos como também dos seus vereadores.

Entretanto, em 96 municípios os prefeitos eleitos ainda não tiveram seu registro de candidatura deferido e seguem impedidos de tomar posse, alguns porque o Tribunal Superior Eleitoral negou o registro do candidato eleito, outros porque prefeito eleito possui recurso pendente no TSE, além dos casos de candidatos com problemas com a Lei da Ficha Limpa.

Devido a pandemia do novo coronavírus em todo país, a posse de muitos candidatos deverá ser por meio de videoconferência. O prefeito eleito, Maguito Vilela (MDB) de Goiânia (GO) encontra-se há meses internado na UTI do hospital Albert Einstein, em São Paulo devido a doença, mas mesmo assim tomou posse.

Há ainda os casos de eleitos que morreram vitimados pela Covid-19 antes de tomarem posse, como Izalda Maria Barros Bocaccio (72 anos) que foi eleita para a prefeitura de Santo Antônio das Missões (RS), mas agora assumirá seu vice.

Outras novidades dos eleitos de 2020 foram a posse do candidato mais jovem, Julio Tomazela Neto (PSDB), que com 21 anos será o prefeito de Conchas (SP), além do candidato empossado mais idoso, José Braz (PP), de 95 anos, que tomou posse ontem (31) em Muriaé (MG).

Nas principais capitais do país, os novos prefeitos Eduardo Paes (DEM-RJ), Bruno Covas (PSDB-SP), Bruno Reis (DEM-BA), Alexandre Kalil (PSD-MG), Rafael Grecca (DEM-PR), Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), João Campos (PSB-PE), entre outros, foram empossados nesta manhã.

+Política

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1