Diário 24 Horas

Instituto Butantan anuncia a vacina brasileira Butanvac contra Covid-19

A previsão é de que 40 milhões de doses da Butanvac estejam disponíveis a partir de julho, caso a Anvisa aprove rapidamente o início dos estudos clínicos
A previsão é de que 40 milhões de doses da Butanvac estejam disponíveis a partir de julho, caso a Anvisa aprove rapidamente o início dos estudos clínicos
PorMarcos Henderson

O Instituto Butantan anunciou que está desenvolvendo a vacina brasileira Butanvac contra a Covid-19 e garantiu que irá pedir nesta sexta-feira (26) a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para dar início aos testes clínicos ainda em abril.

Caso o pedido seja aprovado pela Anvisa, a previsão é de que 40 milhões de doses da Butanvac estejam disponíveis a partir de julho para aplicação nos brasileiros. Como a vacina ainda está em desenvolvimento em um período posterior às tecnologias já comprovadas, como a da CoronaVac, vacina desenvolvida pela fabricante chinesa em pareceria com o Butantan, seu projeto já leva em consideração as variantes da Covid-19 e promete ter uma resposta imune maior do que as vacinas já conhecidas. 

Vale ressaltar que o desenvolvimento da Butanvac acontece desde março de 2020, utilizando matéria-prima brasileira e a mesma tecnologia da vacina da gripe. Ainda de acordo com Dimas Covas, a vacina foi enviada para outros países na fase pré-clínica e apresentou resultados positivos nos testes em animais, na Índia. A vacina brasileira também será testada na Tailândia e no Vietnã. 

Além da Butanvac, o Brasil também desenvolve pelo menos mais 10 projetos de vacina contra o novo coronavírus, em universidades e instituições de pesquisa. A chegada da nova vacina do Intituto Butantan auxiliará fortemente a ampliação da imunização no país, que ainda segue passos estreitos. Cerca de 6,65% da população brasileira recebeu a primeira dose da vacina, o que equivale a 14.074.577 pessoas. 

Ao todo, o Brasil soma 12,3 milhões de casos de Covid-19, e 303 mil mortes causadas pela doença. Em um cenário global, o novo coronavírus já infectou 126 milhões de pessoas e matou 2,76 milhões. 

Comentários

O que você achou?
5GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff
Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson