Pyong Lee é o participante mais odiado do Ilha Record

O ex-BBB está dando todas as demonstrações possíveis de autoconfiança e não está agradando o público
O ex-BBB está dando todas as demonstrações possíveis de autoconfiança e não está agradando o público
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Pyong Lee saiu do BBB 20 sob acusações de assédio e críticas por abandonar a ex-esposa Sammy durante o parto para "alavancar a carreira" no reality, e embarcou em uma nova aventura no Ilha Record, acumulando novas polêmicas antes mesmo da estreia, quando Sammy pediu o divórcio por causa de uma suposta traição do marido com a participante Antonela Avellaneda. Agora, o hipnólogo já garantiu o posto de participante mais odiado do Ilha Record, com direito a milhares de xingamentos nas redes sociais.

"Se o Pyong está feliz eu estou extremamente triste", diz uma internauta, no Twitter. "Se o pyong esta em uma equipe,eu automaticamente odeio ela", disse outra usuária na plataforma, seguida por outra pessoa que comparou a situação do participante com a de Karol Conká no BBB 21: "Será que o Pyong vai ter o mesmo hate da Karol Conka por causa da prepotência?"

Na edição da última segunda-feira (9), o Ilha Record exibiu mais uma prova de equipes, e desta vez os exilados receberam o poder de escolher os integrantes das equipes Esmeralda e Rubi, e adivinhe quem eles queriam prejudicar? Isso mesmo: Pyong Lee. 

Dinei, Lucas Selfie e Mirella Santos aproveitaram a ocasião para montar o esquema ideal para fazer o hipnólogo cair. O problema é que ele conseguiu vencer mais uma vez, deixando os participantes do exílio em estado máximo de tristeza. Para completar, a vitória do time Rubi também deixou os exploradores da Esmeralda estressados, sobretudo por causa do comportamento de Nadja, Pyong e Antonela após a vitória. 

No Twitter, também sobram críticas direcionadas a Nadja, fazendo com que ela fique a um passo de se tornar tão odiada quanto Pyong. No entanto, para ela conseguir esse posto, terá que suar a camisa, já que o ex-marido de Sammy está rompendo todas as barreiras lógicas da boçalidade, demonstrando, no Ilha Record, um perfil ainda mais incômodo do que na época do Big Brother Brasil. 

Comentários

O que você achou?