Rodrigo Maia diz que Bolsonaro é gay e 'não consegue assumir'

A fala do ex-presidente da Câmara dos Deputados ganhou repercussão negativa nas redes sociais
A fala do ex-presidente da Câmara dos Deputados ganhou repercussão negativa nas redes sociais
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Rodrigo Maia participou do podcast "Derrete Cast" e, como já era de se esperar, respondeu algumas perguntas relacionadas ao Governo Federal, até chegar ao ponto em que disse acreditar que o presidente Jair Bolsonaro é gay mas "não consegue assumir". 

A fala veio no momento em que o ex-presidente da Câmara dos Deputados argumentava sobre a admiração compulsiva de Bolsonaro por homens e a consequente desvalorização das mulheres. "Eu tenho uma grande dúvida [se o Bolsonaro é gay]. Eu acho que é. Não tem nenhum problema", disparou Maia. 

"Não tem uma mulher que ele [Bolsonaro] admire, ele não gosta", prosseguiu. "Qual é o problema? Não estou brincando. Acho que esse debate tem que fazer. Ele não consegue assumir o que ele é. Falo sério. As pessoas acham que falo brincando, mas depois me dão razão", completou Maia, também citando a formação militar de Bolsonaro, "que é muito reacionária, muito atrasada neste aspecto da orientação sexual, ele prefere dizer que é machão".

Obviamente, a fala não pegou bem pra o ex-presidente da Câmara, já que reforça costumes de deboche que buscam "diminuir" a integridade de uma pessoa com base na sua sexualidade. Em resumo, Maia tentou argumentar que Bolsonaro é homossexual por causa da sua misoginia, o que, de antemão, já não faz o menor sentido. 

O ex-deputado Jean Wyllys, por exemplo, repudiou a fala de Maia, explicando que "o genocida [Bolsonaro] é seguramente misógino, sexista e machista, e tem doentia fixação no coito anal e inveja do gozo da homossexualidade. Tudo isto faz dele um homofóbico, não um gay. Gay sou: ser gay tem a ver com o orgulho de ser!”

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff