Diário 24 Horas

Análise 'Ms. Marvel': Um doce e ótimo começo

Primeiro episódio é uma bomba de açúcar de UCM com cobertura de easter eggs – contém SPOILERS!

Assim como Robert Downey Jr. é o Homem de Ferro, Iman Vellani é Kamala Khan. Foto: Reprodução/YouTube
Assim como Robert Downey Jr. é o Homem de Ferro, Iman Vellani é Kamala Khan. Foto: Reprodução/YouTube
Carol Souza
PorCarol Souza

A Fase 4 do Universo Cinematográfico Marvel (UCM) tem sido um período de experimentação para a Marvel Studios. Depois de um clímax da Fase 3 com “Vingadores: Ultimato”, houve uma mudança, pois a Marvel parecia entender que, de várias maneiras, eles tinham que começar do zero, construindo novos cantos dentro de seu universo estabelecido. Mas as bases da Fase 4 foram construídas na familiaridade. Temos spin-offs para Wanda Maximoff, Sam Wilson e Bucky Barnes, Loki e um prequel da Viúva Negra. Logo, era hora de começar a apresentar novos personagens principais e, antes de chegar à estreia de "Ms. Marvel", "Shang-Chi" foi recebido calorosamente, os "Eternos" nem tanto. Então, o braço Disney+ do UCM nos presenteou com o ambicioso, mas divisivo “Cavaleiro da Lua” no início deste ano, e até alguns fãs mais hardcore da Marvel começaram a se perguntar se a Fase 4 estava ficando um pouco confusa.

A segunda série do Disney+ a lançar um novo super-herói do UCM este ano é “Ms. Marvel”, mas a antecipação do pré-lançamento para esta foi um pouco silenciosa. Longe da natureza sombria e mais complexa do Cavaleiro da Lua, "Ms. Marvel" talvez parecesse muito infantil e “colorida” em comparação. Estaríamos muito mal-humorados para uma cativante história de origem adolescente agora? Seria bom para o público mais velho? Realmente importaria se não fosse?

Bem, no auge dos meus 31 anos digo que adorei cada minuto deste primeiro episódio. Não posso falar por outras pessoas fora do alcance do público-alvo, mas ficaria pelo menos um pouco surpresa se a maioria delas não conferisse a nova atração do Disney+ esta semana, verificasse o retrato que Iman Vellani desenvolveu para nossa protagonista e dissesse algo diferente de “Eu só tive Kamala Khan por um episódio, mas já a amo e vou protegê-la” depois.

Aos 19 anos, Vellani é um grande destaque positivo em Ms. Marvel. Foto: Reprodução/YouTube
Aos 19 anos, Vellani é um grande destaque positivo em Ms. Marvel. Foto: Reprodução/YouTube
Aos 19 anos, Vellani é um grande destaque positivo em Ms. Marvel. Foto: Reprodução/YouTube

Assistir a este primeiro episódio foi como beber as sequências combinadas dos créditos finais da trilogia do “Homem-Aranha” de Jon Watts e do espírito do “Aranhaverso” em um grande e velho Slushie – apenas uma referência irresistível com uma dose de açúcar.

Também passamos de basicamente zero easter eggs e conexões Marvel em “Cavaleiro da Lua” para uma quantidade quase esmagadora aqui. Mas fique atento! Eles passam tão rápido que você provavelmente precisará retroceder e assistir novamente para reconhecer a todos.

“Ms. Marvel” é recheado de ótimas vibrações. Da trilha sonora, que começa com “Blinding Lights” de The Weeknd sobre a identidade da Marvel, aos pensamentos de Kamala sobre os Vingadores e sua complexa dinâmica familiar, o primeiro episódio apresenta muito do tipo de diversão que nos foi negada quando a Marvel decidiu que o Homem-Aranha não precisava de sua própria história de origem no UCM: um adolescente com problemas de amadurecimento que também tem que lidar com a aquisição repentina de superpoderes.

A história de origem de Kamala é alegre porque ela já está tão apaixonada por essa vida de super-herói, e vimos tantos projetos do UCM a este ponto, que podemos todos nos identificar com ela quase que instantaneamente pois qual fã de super-heróis nunca se perguntou o que faria se um dia, ganhasse super poderes? Simplificando: Ms. Marvel é uma divertida história de origem de super-heróis para os fãs do UCM, sobre fãs do UCM, e estrelado por uma fã do UCM.

Kamala é como muitos de nós, uma colecionadora, e anseia por participar da primeira Avengers Con - cuja localização me deixou um tanto quanto curiosa pois de todos os lugares, me pareceu o menos provável para um evento como este. Ela idolatra a Capitã Marvel e não se cansa dos contos de Scott Lang, que aqui, uniu o útil ao agradável ao aproveitar sua fama tanto como herói quanto como tagarela, e decidiu contar o que parece ser a sua visão dos eventos de "Ultimato" em uma entrevista a um podcast. Ela faz e publica seus próprios vídeos sobre os heróis mais poderosos da Terra online. Kamala é uma “marvete”, mas todos nós sabemos como os “marvetes” mais sonhadores do UCM reagem quando são apresentados às críticas mais bem-intencionadas sobre seus heróis, e será interessante ver como Kamala processará as falhas de seus ídolos quando confrontada com eles, ou quando ela tiver que lidar com as consequências de seus muitos (muitos) erros.

Embora a série ofereça uma grande quantidade de charme sem exigir muito esforço de todo o elenco, Vellani é a estrela de Ms. Marvel, e muito do sucesso deste episódio está nos ombros da jovem de 19 anos. Ela interpreta Kamala como doce e gentil, mas muitas vezes egocêntrica e com o tipo de otimismo juvenil e excesso de confiança que eu definitivamente gostaria de ter tido na mesma idade. Desde o início, você pode imaginar Vellani reprisando esse papel de novo e de novo no UCM porque ela captura Kamala tão bem e, embora ainda estejamos focando no início de sua história, sabemos que definitivamente continuará além desta série.

Será divertido ver a dinâmica entre o imediatismo de Kamala e a experiência de outros personagens do UCM no futuro, mas por enquanto estou empolgada para ver como essa história vai acabar para ela antes de chegarmos a tudo isso. Neste momento, é o mundo de Kamala e estamos todos vivendo nele.

ComentáriosO que você achou?
Séries
Últimas