Diário 24 Horas

'Thor 4' teve cenas com Lena Headey, Jeff Goldblum e Peter Dinklage deletadas

De acordo com Taika Waititi, cenas apenas 'não eram boas o suficiente'.

Lena Headey, Jeff Goldblum e Peter Dinklage tiveram cenas deletadas em 'Thor: Amor e Trovão'. Foto: Reprodução/YouTube.
Lena Headey, Jeff Goldblum e Peter Dinklage tiveram cenas deletadas em 'Thor: Amor e Trovão'. Foto: Reprodução/YouTube.
Carol Souza
PorCarol Souza

Aparentemente "Thor: Amor e Trovão", nova aventura do MCU, ainda poderia reservar boas surpresas para os fãs, porém todas elas foram vítimas da edição de Taika Waititi. Entre as surpresas, estavam as aparições de Lena Headey, Jeff Goldblum e Peter Dinklage em cenas que foram deletadas pelo diretor simplesmente porque, segundo ele, "não eram boas o suficiente".

Goldblum e Dinklage fariam participações como seus personagens já existentes em outros títulos do deus do Trovão na Marvel, sendo eles o Grão-Mestre e Eitri respectivamente. Já Headey, a Cersei Lannister de "Game of Thrones", deveria estrear no MCU no quarto longa da franquia de Odinson, porém não foi o que aconteceu. 

"Eu escrevi a coisa [o roteiro] então, quando você corta qualquer coisa, é um desafio para si mesmo, porque você fica tipo, 'Eu não sou tão bom assim? Eu deveria ter previsto isso?' Mas em todos os filmes que fiz, provavelmente cortei a mesma quantidade", disse Taika Waititi em recente entrevista ao portal Insider. "Quando você entra na edição, você nunca sabe. Uma cena por si só pode ser a coisa mais engraçada ou intrigante, mas às vezes essas coisas, se você as mantiver, apenas farão o filme parar. Então você tem que fazer o que é melhor para o filme", prosseguiu.

Jeff Goldblum como Grão-Mestre em 'Thor: Ragnarok'. Foto: Reprodução/YouTube.
Jeff Goldblum como Grão-Mestre em 'Thor: Ragnarok'. Foto: Reprodução/YouTube.
Jeff Goldblum como Grão-Mestre em 'Thor: Ragnarok'. Foto: Reprodução/YouTube.

"E se você perguntar a qualquer um desses atores que foram cortados – Jeff Goldblum, Lena Headey, Peter Dinklage – todos eles entendem como funciona". "Eles estão no jogo há tempo suficiente. Mas é assim que vejo as coisas", comentou.

Apesar de não fazerem parte do filme, Waititi disse que não pretende revelar o conteúdo das cenas justificando que: "Eu não quero que as pessoas vejam as cenas deletadas porque elas foram deletadas por um motivo: elas apenas não são boas o suficiente. As cenas não estavam no filme e pronto".

Mesmo que Waititi tenha dito em entrevista que os atores "entendem como funciona", o corte das cenas de Headey resultou em um processo de US$ 1,5 milhão contra ela por sua ex-agência britânica Troika por taxas de comissão não pagas. A Troika, que foi renomeada como YMU em 2020, afirma que Headey deve à agência pelo menos US$ 500.000 – o equivalente a 7% de sua taxa – por seus ganhos no filme da Marvel. Headey contesta que a Troika tenha qualquer direito sobre taxas de comissão pois sua participação no longa ocorreu após Waititi a ter abordado diretamente.

ComentáriosO que você achou?
Cinema
Últimas