Coronavírus: Empresa dos EUA confirma resultados positivos em teste de vacina em humanos

Moderna confirmou avanços animadores na busca pela vacina contra a Covid-19.
Moderna confirmou avanços animadores na busca pela vacina contra a Covid-19.

As ações da empresa de biotecnologia, Moderna, subiram cerca de 30% na manhã desta segunda-feira (18), e o motivo é animador: a companhia norte-americana anunciou que atingiu resultados positivos preliminares no primeiro teste de sua vacina contra a Covid-19 em humanos. Segundo as informações técnicas, os pacientes submetidos à vacina conseguiram produzir anticorpos contra a SARS-CoV-2.

O resultado, entretanto, ainda não é suficiente para avançar efetivamente na oficialização do composto, já que ainda são necessários outros longos e estudados passos para que seja possível dar início à produção. "A fase provisória 1, embora em estágio inicial, demonstra que a vacinação com o mRNA-1273 produz uma resposta imune da mesma magnitude que a provocada por infecção natural", explicou o diretor médico da Moderna, Tal Zaks.

Os resultados são baseados na reação dos oito primeiros voluntários a duas doses da vacina para cada, em março. O principal requisito para que uma vacina seja considera eficaz é a produção de anticorpos, o que já pôde ser observado nesses oito casos, que registraram níveis de anticorpos neutralizantes correspondentes aos encontrados em pacientes que se recuperaram após contrair o vírus.

Ainda de acordo com o comunicado da Moderna, o cronograma de pesquisa está funcionando em regime acelerado e já adiantou que a segunda fase de testes em humanos envolverá 600 pessoas, sem especificar quando dará início à nova fase, apesar de deixar claro que acontecerá "em breve". Uma terceira fase contará com milhares de pessoas. 

As notícias são animadoras, mas o estudo precisa ser feito com total cautela e responsabilidade. Ao mesmo tempo em que a Moderna confirma os resultados positivos preliminares, outras centenas de laboratórios pelo mundo também correm contra o tempo para encontrar a solução contra a Covid-19: são 118 vacinas em desenvolvimento, segundo último balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Comentários

Coronavírus

Mais Notícias