Apagão na Casa Branca foi previsto por "Os Simpsons"

Sede do Governo dos EUA apagou as luzes em meio às manifestações
Sede do Governo dos EUA apagou as luzes em meio às manifestações
PorMarcos Henderson01/06/2020 11h45

Em meio aos intensos protestos pela cruel morte de George Floyd nos EUA, um momento entrou para a história: a Casa Branca desligou as luzes. O episódio aconteceu quando os manifestantes começaram a se aproximar da sede do governo, fazendo com que a equipe policial presente no local agisse com violência redobrada para conter uma possível invasão, fato que também levou, segundo o jornal "The New York Times", o presidente Donald Trump a aguardar o confronto dentro de um bunker. 

Internautas, então, lembraram de um capítulo de "Os Simpsons" que mostrava a Casa Branca de uma forma muito semelhante, com as luzes desligadas e um clima de tensão instaurado na região. A cena foi exibida no episódio especial de Halloween, "Casa da Árvore dos Horrores".

Com o resgate da imagem, não demorou muito para que o assunto ganhasse destaque nas redes sociais, sobretudo no Twitter, onde os usuários também compartilham outras cenas emblemáticas da animação de Matt Groening, incluindo uma imagem de Trump sem vida em um caixão, que não faz parte de nenhum episódio oficial do programa.

De acordo com as informações do "The New York Times", o Serviço Secreto precisou agir rapidamente para levar Trump até o bunker localizado nos subsolos da Casa Branca frente à iminência da chegada dos manifestantes, que continuam a campanha a favor de Justiça após o assassinato de Floyd, gerando toques de recolher e outras medidas de segurança no país, que não impediram o povo de protestar nas ruas. 

Trump mantém uma linha de resposta agressiva aos manifestantes anti-fascistas e chegou a ser atacado por incontáveis nomes de grande influência mundial, como a cantora Taylor Swift, que se indignou com uma das publicações do presidente durante a onda de protestos e afirmou que ajudará a tira-lo do poder até o fim do ano. 

+George Floyd

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson