Diário 24 Horas

7 filmes LGBTQI+ para assistir no Dia dos Namorados

Os filmes estão disponíveis na Netflix e no YouTube.
Os filmes estão disponíveis na Netflix e no YouTube.
Marcos Henderson
PorMarcos Henderson

Nesta sexta-feira (12), é comemorado o Dia dos Namorados no Brasil, e com a situação ainda complexa da pandemia no país, uma das melhores opções para a data pode ser um bom filme em casa, pois até para os que estão forçadamente separados devido à quarentena, é possível acompanhar o título escolhido e, ao mesmo tempo, se comunicar por aplicativos de mensagem instantânea ou ligação de vídeo, entre outras opções para não perder a oportunidade de interagir romanticamente com sua principal companhia do dia. Confira, a seguir, 7 filmes LGBTQI+ para assistir no Dia dos Namorados:

1. Carol

Disponível na Netflix, este filme de 2016 conta a história de amor entre Therese Belivet (Rooney Mara), uma jovem com um emprego entediante na seção de brinquedos de uma loja de departamentos, e a elegante Carol (Cate Blanchett), uma cliente que entra na loja procurando um presente de natal para a filha, em meio a um árduo processo de divórcio. O longa dirigido por Todd Haynes recebeu seis indicações ao Oscar. 

2. Retrato de uma Jovem em Chamas

Vencedor do prêmio de Melhor Roteiro e da Palma Queer (melhor obra de temática LGBT) em Cannes, o longa-metragem de Céline Sciamma é uma investigação da manifestação da homossexualidade nas sociedades anteriores à liberação feminina, em um “filme de época” com total foco na presença e nos pensamentos femininos. Disponível no YouTube

3. Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Dirigido por Daniel Ribeiro, o filme conta a história de Leonardo (Guilherme Lobo), um jovem cego que busca independência enquanto a mãe tenta protegê-lo a qualquer custo. Ele passa a nutrir sentimentos novos quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, e isso faz com que novas descobertas mudem a forma de encarar o mundo para Leonardo. Disponível na Netflix.  

4. Praia do Futuro

Disponível no YouTube, o filme de Karim Aïnouz é uma co-produção entre Brasil e Alemanha. Donato (Wagner Moura) é salva-vidas, seu irmão caçula, Ayrton (Jesuita Barbosa) o admira muito pela bravura demonstrada no trabalho. Ao salvar o alemão Konrad (Clemens Schick), Donato muda completamente de vida, fazendo com que seu irmão parta para Berlim em sua busca. 

5. Moonlight - Sob a Luz do Luar

Ganhador dos prêmios de melhor filme, melhor roteiro adaptado para Barry Jenkins e Tarell Alvin McCraney, e melhor ator-coadjuvante para Mahershala Ali, o filme exibe três fases da vida de Chiron, jovem negro morador de uma comunidade pobre de Miami, desde o bullying na infância até a tentação do crime. Através do incrível olhar de Jenkins, a obra funciona como um profundo estudo de personagem e suas reflexões de mundo durante o crescimento em uma comunidade marginalizada pela sociedade, incluindo suas relações de amor e amizade. Disponível na Netflix

6. Você Nem Imagina

Lançado em maio de 2020, o filme original Netflix adapta acontecimentos reais da diretora Alice Wu em uma história parcialmente típica, com a adolescente Ellie Chu deslocada na escola, com hábito de fazer os exercícios dos colegas para ganhar dinheiro extra (não por diversão, e sim para auxiliar no pagamento das contas de casa). Ela nutre uma paixão secreta por Aster, que também fisgou o coração de Paul, um popular jogador de futebol do colégio. Ele, então, se aproxima de Ellie e pede sua ajuda para conquistar sua amada, dando início a um conflito de interesses amorosos. Tudo isso com uma trilha sonora incrível

7. Bixa Travesty

O documentário brasileiro de 2018 insere as reflexões da cantora transexual negra, Linn da Quebrada, e sua luta pela desconstrução de estereótipos de raça, classe e gênero. O longa contou com direção de Claudia Priscilla e Kiko Goifman, que também auxiliaram a artista paulistana na construção do roteiro. Disponível no YouTube.

ComentáriosO que você achou?
Cinema
Últimas