Felipe Neto diz ao New York Times que Bolsonaro faz Trump parecer Patch Adams

Youtuber fez um apelo para que os norte-americanos votem conscientemente nas próximas eleições
Youtuber fez um apelo para que os norte-americanos votem conscientemente nas próximas eleições
PorMarcos Henderson15/07/2020 14h54

O New York Times publicou um vídeo em que o youtuber Felipe Neto critica o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mas faz questão de aponta-lo como uma versão "melhorada" de Jair Bolsonaro, apontado por ele como o pior presidente do mundo na pandemia, tão ruim que faria o norte-americano parecer Patch Adams. 

No vídeo de opinião, o youtuber fala em inglês e apresenta uma série de "provas" que explicam porque o presidente do Brasil seria pior que Trump na gestão política durante a pandemia. Entre as evidências, são mostradas imagens de Bolsonaro comparecendo a manifestações em apoio à intervenção militar, manifestações contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF), cerimônias militares, churrascos privados, em grande parte, sem uso de máscaras e provocando grandes aglomerações. Este foi apenas o motivo número 1.

Felipe Neto explica porque Bolsonaro é o pior presidente do mundo na gestão da pandemia
Felipe Neto explica porque Bolsonaro é o pior presidente do mundo na gestão da pandemia
Felipe Neto explica porque Bolsonaro é o pior presidente do mundo na gestão da pandemia

Em seguida, Felipe Neto diz que Bolsonaro acredita fielmente em tratamentos milagrosos para a Covid-19, como a hidroxicloroquina, também defendida por Trump. O youtuber, então, explica que o brasileiro é pior neste quesito pois luta com forças pesadas para incluir a cloroquina como tratamento oficial do coronavírus, inclusive com utilização das Forças Armadas para a produção em massa da droga, utilizada por ele após diagnóstico positivo

Para o youtuber, Trump parece Patch Adams em comparação com Bolsonaro
Para o youtuber, Trump parece Patch Adams em comparação com Bolsonaro
Para o youtuber, Trump parece Patch Adams em comparação com Bolsonaro

No vídeo, Felipe Neto também lembra das demissões de Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich do Ministério da Saúde, que foi assumido interinamente pelo general Eduardo Pazuello, e ainda exibiu trechos da reunião ministerial em que Bolsonaro teria tentado interferir nas posições de comando da Polícia Federal, e trechos de declarações feitas pelo presidente durante a pandemia, como quando disse que não era um agente funerário. 

Por fim, o youtuber faz um apelo: “Se você está pensando no que pode fazer para ajudar o Brasil a lidar com nossos lunáticos, não reeleja o seu. Em novembro, vote para manter Trump fora da Casa Branca."

+Política

Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson