Coronavírus: Instituto Butantan informa que poderá fornecer 45 milhões de doses da vacina ao SUS até dezembro

Além das doses de vacina contra o COVID-19, o Instituto Butantan também irá fornecer vacinas contra a gripe para a Ásia.
Além das doses de vacina contra o COVID-19, o Instituto Butantan também irá fornecer vacinas contra a gripe para a Ásia.
PorBruna Pinheiro28/08/2020 16h48

Dimas Covas, o diretor do Instituto Butatan, divulgou hoje (28) que a instituição informou ao Ministério da Saúde que prevê fornecer 45 milhões de doses da vacina da CoronaVac ao Sistema Único de Saúde (SUS) até dezembro deste ano.

O Instituto Butatan de São Paulo é o responsável por desenvolver e testar a vacina chinesa aqui no Brasil, que está atualmente em uma ampla fase de testes de aceitação para ser utilizada em massa. "Asseguramos que em dezembro teremos 45 milhões de doses disponíveis para o SUS", informou Dimas.

A novidade foi noticiada na coletiva de imprensa diária do governo do Estado de São Paulo, ao lado do governador do Estado, João Doria (PSDB), e do prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB). A vacina veio para ser testada no Brasil devido o alto número de infectados do país e sua capacidade técnica em desenvolver medicamentos do tipo.

Segundo Dimas, o fornecimento da CoronaVac ao SUS já está certo, acertando apenas a formalização do contrato para distribuição do medicamento pelo país. O diretor do órgão se encontrou ontem (27) com o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello.

Além da CoronaVac, o Instituto Butantan será responsável por fornecer 550 mil doses da vacina contra a gripe para países na Ásia após acordo fechado com a Organização Mundial da Saúde, consolidando a primeira participação do órgão no fornecimento de imunizantes para o exterior. Serão viabilizadas 300 mil doses à Mongólia e outras 250 mil às Filipinas.

+Coronavírus

Comentários

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1