Primeiro lote de vacina Russa contra Covid-19 está previsto para setembro

Trabalhadores da Saúde e Professores serão os primeiros a receber as doses.
Trabalhadores da Saúde e Professores serão os primeiros a receber as doses.
PorBruna Pinheiro31/08/2020 14h17

A Rússia anunciou que a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida no país, a Sputnik V, já terá seu primeiro lote disponível para imunização no mês de setembro. Segundo as informações, o país também aguarda a aprovação de mais uma vacina. Os imunizantes russos podem alcançar uma produção em capacidade máxima até o mês de dezembro. 

As informações foram concedidas hoje (31) pelo ministro da Saúde do país, Mikhail Murashko, que também informou sobre a terceira fase de testes da Sputnik V que deve ser aplicada em 30 mil voluntários e iniciará nesta semana. Outros 10 mil irão receber um placebo, para atuarem como grupo de controle. Até o momento, 2,5 mil pessoas já foram recrutadas. As autoridades disseram que realizarão uma campanha de vacinação em massa no país a partir de outubro deste ano.

A vacina russa foi a primeira aprovada contra a COVID-19, mas recebeu severas críticas da comunidade cientifica sobre a falta de testes. Segundo Mikhail Murashko, a produção da vacina ocorre em paralelo ao monitoramento da eficácia da imunização. A vacina não será obrigatória, mas Murashko informou que “A vacina será primeiramente dada para trabalhadores da área da saúde e professores”.

Fundo de Investimento Direto Russo (RDIF) informou que além da Rússia, outros 5 países devem receber as vacinas para testes, mas não foi informado quais serão os países ou a quantidade de doses aplicadas. O governo russo ainda confirmou que ao menos 20 países solicitaram mais de 1 bilhão de doses da Sputnik V, mesmo com as preocupações em torno da segurança da vacina.

+Coronavírus

Comentários

Sobre o autorBruna Pinheiro
Internacionalista. Escrevo hoje sobre política, economia, filmes e séries. Adoro viajar e comer (não necessariamente nessa ordem). Segue lá @bpinheiro1