Diário 24 Horas

BBB 21 esfriou após eliminação dos 'vilões'? Confira nossa análise

O jogo parece ter perdido o impacto, mas sempre há margem para novas intrigas
O jogo parece ter perdido o impacto, mas sempre há margem para novas intrigas
PorMarcos Henderson

O BBB 21 parecia estar pegando fogo até a semana passada, mas a saída de Karol Conká e Nego Di, ambos no topo da lista de rejeição da história do reality, jogou um balde de água fria no no jogo. Na última terça-feira (2), Lumena Aleluia foi eliminada, colocando um ponto final no círculo de afinidade mais criticado pelo público. 

A impressão que fica é a de que a 21ª edição do Big Brother Brasil está perdendo o fôlego para as próximas semanas, mas essa não é a primeira vez que isso acontece. Inclusive, no ano passado, a estratégia do público foi semelhante, eliminando os principais "vilões" do jogo de imediato, fomentando a temática contra o machismo naquela edição e, mesmo assim, as vilanias continuaram surgindo a cada semana, o que pode ser explicado pela tônica das relações sociais. 

Ora, não há como reunir dezenas de indivíduos diferentes, de regiões diferentes e com ideologias diferentes sem que haja conflitos. Nas próximas semanas, mesmo sem a presença de Karol e Nego Di, ainda há grandes expectativas de novos confrontos na casa, e as possibilidades são imensas: desde a manutenção de Projota como um dos antagonistas até uma probabilidade de que o G3, formado por Juliette, Sarah e Gilberto, se distancie. 

Há um motivo muito simples para o Big Brother dar certo em qualquer lugar do mundo: as relações humanas são feitas de altos e baixos, de concordâncias e discordâncias. Apesar da impressão de que o BBB 21 está esfriando, não há dúvidas de que em breve novos confrontos irão surgir, e ninguém está imune do "cancelamento", nem mesmo os atuais favoritos do público (Sarah e Gilberto perderam seguidores após discordarem de Juliette nesta semana). 

Gilberto, que, diga-se de passagem, foi o primeiro integrante do jogo a desvendar a impressão do público em relação a Karol, apostou na última quarta-feira (3) que o G3 pode se tornar o grupo grupo antagonista da edição. "A gente? Sinceramente eu não acho. Foi o que você falou, se a gente ficar muito neutro... A gente tem que falar o que sente", retrucou Sarah após a previsão do amigo. 

Nesta semana, acontecerá o Paredão Falso, conforme prometido por Boninho, e a dinâmica poderá gerar novos acontecimentos eletrizantes na casa. Na web, a torcida é de que Juliette seja "eliminada" na dinâmica, para que ela possa ver o que todos os demais participantes falam sobre ela. No entanto, se isso acontecer, será praticamente certa a vitória da sister, a não ser que ela use as informações contra si própria e desconte sua raiva de maneira abrupta e impensada nos concorrentes, o que provavelmente não aconteceria. 

Não se sabe mais quem será vilão daqui em diante, e por mais que Projota e Arthur se mantenham na lista de desafetos do público, a eliminação imediata da dupla pode adicionar mais algumas pedras de gelo na atração. Novamente, vale ressaltar que esse cenário não significaria o fim das intrigas na casa. A verdade é que tudo pode acontecer, e a decisão cabe exclusivamente aos espectadores. 

Comentários

O que você achou?
0GosteiGostei
0HahaHaha
0TristeTriste
0DetesteiDetestei
0AmeiAmei
0AffAff
Sobre o autorMarcos Henderson
Publicitário, músico e, aqui, escrevo sobre o que as diferentes culturas têm a nos dizer. Como artista, celebro a força da arte e conto histórias do entretenimento. Twitter: @marhoscenderson