Bolsonaristas defendem o presidente e minimizam o coronavírus com a hashtag "BoraTrabalhar"

Pronunciamento do presidente realizado na terça (24) sugeria retorno à rotina de trabalho
Pronunciamento do presidente realizado na terça (24) sugeria retorno à rotina de trabalho

Em meio aos discursos, oficiais ou não, de Jair Bolsonaro, sempre estaremos diante dos mais diversos comentários sobre o presidente, dos negativos aos mais positivos possíveis. Após o pronunciamento realizado na última terça-feira (24), Bolsonaro chamou atenção do país ao dizer, novamente, que a imprensa gerou uma histeria em massa e, por causa disso, não considerava justo os governadores estaduais escolherem como principal medida o isolamento social, já que a economia precisa ser movimentada. 

Para especialistas e políticos ao redor do mundo inteiro, trata-se de uma fala grave do presidente da república. Para boa parte dos bolsonaristas, um discurso brilhante. No Twitter, a hashtag "BoraTrabalhar" aparece entre os assuntos em destaque nesta quarta-feira (25) e exibe uma série de comentários favoráveis ao pronunciamento de Bolsonaro, além de criticar a postura dos governadores estaduais, destacando-se João Dória, com quem o presidente teve uma séria discussão em videoconferência realizada pela manhã.

"Quando mercados começarem ser saqueados, o desemprego aumentar bruscamente quero vê continuarem com o fica em casa Aí a p... do desemprego vai ser culpa do Bolsonaro tb", disse uma internauta. O co-fundador do Movimento Brasil Conservador, Henrique Oliveira, sugere que "TALVEZ a pessoa não morra pelo CORONA, mas com certeza milhões morrerão em função da depressão econômica mundial", citando exemplos como desemprego, fome e, por último, fala em doenças.

"A economia não pode parar, o Brasil não pode colapsar em detrimento de interesse políticos e pessoais... Chega de demagogia, as pessoas vulneráveis terão de ser isoladas não prejudicando a maioria, pois no final, o caos econômico será mais destrutivo para o Brasil", disse outro usuário, que se auto-descreve como "Bolsonarista de EXTREMA-DIREITA... Sempre atento aos passos do Presidente". Outros aproveitaram a hashtag para compartilhar o link do vídeo ao vivo que era transmitido pelo Terça Livre no YouTube e, teoricamente, "desmascarava" os números sobre o coronavírus. 

Cuidados com Covid-19:

Se apresentar sintomas ou tiver contato com alguém com a doença, faça quarentena e evite superlotar hospitais. Sua contribuição é necessária!

Orientações em caso de suspeita
Orientações em caso de suspeita
Orientações em caso de suspeita

Comentários

Leia também